Luva de Pedreiro gravou áudio escondido: ‘Ele está dentro da minha casa’

 Luva de Pedreiro gravou áudio escondido: ‘Ele está dentro da minha casa’

Imagem: Reprodução

O influencer Luva de Pedreiro começou a dar sinais de desgaste com o empresário Allan Jesus há uma semana, quando desabafou que daria um tempo da internet. Nesta sexta-feira, o colunista Léo Dias, do “Metrópoles”, divulgou um áudio em que Luva tenta passar informações para uma pessoa de forma escondida. Ele relata que Allan Jesus está dentro de sua casa.

“Esses negócios do vídeo, ele está aqui dentro de casa, dentro da minha casa. Eu vim com ele do Rio. Ele está aqui, aí ele vai desconfiar de alguma coisa. Por isso que eu estou tentando (não falar tanto). Nada está acontecendo para ele, está entendendo? (Vou) Ficar na manha (sem tocar muito no assunto). O advogado de ‘painho’ é de São Paulo. Ele vai cuidar de tudo”, disse Iran.

Escute o áudio:

A publicação diz ainda que Luva teria criado outros perfis nas redes sociais para conseguir se comunicar sem ser supervisionado por Allan Jesus. O medo era de que o empresário estive vigiando com quem ele conversava e o que ele falava.

Versão do empresário

Allan Jesus se disse inocente de acusações de que estaria se aproveitando de Iran. Ele revelou a existência de uma terceira conta – sendo essa jurídica – em que Iran Ferreira teria acesso aos valores de acordos comerciais.

“O Iran tem duas contas de pessoa física e tem conhecimento de uma terceira conta de pessoa jurídica a qual ele é sócio. Essa conta foi criada esse ano. Todos os nossos contratos estão com essa conta para recebimento para que toda a transparência seja possível. Essa conta não teve nenhum recebimento”, revelou Allan.

O empresário disse que os acordos fechados com marcas como a Amazon ainda não foram pagos e revelou quanto o influencer tem para receber.

– Nossos contratos de publicidade somam aproximadamente R$ 2 milhões e nenhum pagamento foi feito. Todos os pagamentos serão feitos a partir de julho de 2022. Até o presente momento todos os contratos ainda não foram pagos – destacou.

“Antes da nossa empresa ser aberta e ter uma conta jurídica, quando comecei a trabalhar com Iran, ele tinha feito um acordo informal com uma agência no qual ele tinha que entregar alguns vídeos no TikTok divulgando um campeonato. Eu tive que assumir, cumprir a palavra dele. Esse valor foi pago: R$ 20 mil reais. Como ainda não tínhamos a empresa eu precisei emitir nota fiscal e o valor foi depositado na conta da ASJ Consultoria”, concluiu.

 

 

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

 

Fonte: Terra

Publicações relacionadas

X