Tags : cliente nome sujo

Economia

Bradesco é condenado a indenizar cliente em R$ 3 mil por sujar seu nome

   “A indevida inscrição do nome da parte autora em cadastros restritivos de crédito acarreta dano moral indenizável”, disse o relator do processo na decisão O Banco Bradesco foi condenado a indenizar em R$ 3 mil por danos morais um cliente que teve seu nome inscrito indevidamente nos órgãos de proteção ao crédito,

X