Timóteo retoma as aulas presenciais da rede municipal de ensino na próxima segunda-feira, dia 13

 Timóteo retoma as aulas presenciais da rede municipal de ensino na próxima segunda-feira, dia 13

(Divulgação/PMT)

A volta às aulas é para alunos dos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental; a Educação Infantil permanece no modelo atual com rodízio entre as turmas a cada semana

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Timóteo anunciou o retorno das aulas presenciais para a próxima segunda-feira, dia 13 de Setembro, para os alunos dos anos iniciais e finais Ensino Fundamental. Já a Educação Infantil permanece no modelo atual, ou seja, híbrido com aulas presenciais e remotas com alternância semanal das turmas.

Segundo explica o secretário municipal de Educação,  Cultura, Esporte e Lazer, José Vespasiano Cassemiro, o Professor Vespa, a decisão ocorreu em função dos números favoráveis da pandemia em Timóteo, da autorização por parte do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 e das orientações do governo federal que lançou uma cartilha permitindo a redução do distanciamento dentro de sala de em 1 metro.

Conforme dados estatísticos do Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE-MG), Timóteo já realizou mais de 85% de cobertura da 1ª dose da vacina contra a Covid-19 e outros 31% já foram imunizados em 2ª dose ou dose única. Da mesma forma, a todos os profissionais da rede municipal de Educação de Timóteo já estão imunizados com a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Ao todo, voltam à rotina escolar a partir da próxima segunda-feira, 2.148 alunos de anos iniciais (97 turmas) e 2.263 de anos finais (82 turmas) em 15 escolas de Ensino Fundamental.

Para a retomada das aulas, as escolas redobrarão o monitoramento e a atenção a todos os procedimentos indispensáveis para que esse retorno ocorra de forma segura. Os cuidados sanitários serão reforçados como a lavagem das mãos, uso do álcool gel, higienização das carteiras, além da diferenciação dos horários de lanche.

De acordo com o Conselho Nacional de Educação, o Brasil foi um dos países que permaneceu mais tempo com escolas fechadas e agora, com um número maior de pessoas vacinadas e uma situação de controle maior da proliferação da Covid-19, é importante o retorno das atividades escolares.

“É fundamental assegurar a volta às aulas presenciais em segurança, com os profissionais, alunos e todas as escolas respeitando os protocolos sanitários para que todos tenham a possibilidade de, aos poucos, retomarem as atividades e recuperando todo esse tempo de atividades remotas”, pontuou o secretário de Educação, Professor Vespa.

Publicações relacionadas

X