“Nós, os fracos” será lançado na Biblioteca Raquel Pacífico Drumond no sábado Obra da escritora timotense Layane Almeida investiga os sentimentos humanos

 “Nós, os fracos” será lançado na Biblioteca Raquel Pacífico Drumond no sábado Obra da escritora timotense Layane Almeida investiga os sentimentos humanos

(Reprodução)

O livro de contos “Nós, os fracos” será lançado na Biblioteca Pública Municipal Raquel Pacífico Drumond no próximo sábado (21/01), no horário de 13h às 17h. De autoria da escritora timotense Layane Almeida, a obra relata 16 histórias que falam sobre vulnerabilidade. O lançamento conta com o apoio da Subsecretaria de Cultura, Esporte e Lazer da Secretaria de Educação.  O evento adotará as medidas sanitárias de segurança contra o coronavírus.

“Os chamados “fracos” são pessoas que enfrentam alguma dor, alguma batalha, uma perda ou um abandono. São as pessoas machucadas, esquecidas, marginalizadas, invisíveis ou desamparadas que muitas vezes não são ouvidas ou não têm voz. Por isso, esse livro é como um grito desses indivíduos, um desabafo, um ato de resistência”, argumenta Layane Almeida. Segundo a autora, as histórias se aprofundam nas experiências de cada personagem a fim de investigar os sentimentos humanos.

Layane Almeida é natural de Timóteo e formou-se em Letras em 2017, em Belo Horizonte. Atua como revisora de textos e professora de Língua Portuguesa na rede pública de ensino, além de ter experiências no campo literário. Mantém também o podcast Fora da Janela, que aborda assuntos diversos.

Em 2017 publicou sua primeira obra, a novela ‘Tormenta das Flores’, de forma independente. Ainda em 2017, participou do 4º Prêmio SESI de Literatura com o conto ‘Tereza’, o qual foi contemplado com o 3º lugar na categoria prosa. Em 2020 teve seu conto ‘À margem’ selecionado para integrar a antologia Escritas Femininas em primeira pessoa, da editora Oralituras.  Com 106 páginas, ‘Nós, os fracos’ é o seu primeiro livro de contos, publicado pela GP Editoral Books.

Publicações relacionadas

X