Conselho Municipal de Esporte de Timóteo renova direção

 Conselho Municipal de Esporte de Timóteo renova direção

(Divulgação/Prefeitura de Timóteo)

Inativo desde 2016  junto ao Programa do Governo Estadual, Timóteo destaca-se entre municípios mineiros.

Uma das marcas da atual gestão da Prefeitura de Timóteo é o incentivo e a valorização da participação popular nas ações de governo. “O Conselho Municipal imprime papel fundamental na elaboração e execução de políticas públicas setoriais, porque favorece a participação democrática dos cidadãos quanto às suas demandas, necessidades e interesses. As políticas públicas são feitas para os cidadãos e o Conselho Municipal se constitui no fórum legítimo para esta participação popular junto ao poder público constituído”, reforçou o vice-prefeito e secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, José Vespasiano Cassemiro,  o Professor Vespa.

É justamente esta responsabilidade e compromisso dos conselheiros que possibilitou o funcionamento efetivo do Conselho Municipal de Esporte e Lazer, como pré-requisito obrigatório para a regularização e manutenção da ativação deste Conselho junto ao Governo de Estado de Minas Gerais. Essa condição não era alcançada pelo Município de Timóteo desde 2016. Estar devidamente regular junto ao Governo Estadual implica na habilitação do Município junto ao Programa ICMS Esportivo – uma fonte alternativa de captação de recursos para a política setorial de esporte e lazer para a cidade.

Segundo o ex-presidente e atual Secretário Geral do Conselho, Professor Dênis Kenis, que é servidor público da rede municipal de ensino, foi fundamental, mesmo em meio à pandemia, que os conselheiros se mantivessem mobilizados para que, pela primeira vez, o Conselho completasse o seu primeiro ciclo de funcionamento efetivo e alcançasse essa alternância em sua presidência. Para Dênis, a meta inicial de estar entre os 100 melhores classificados no Programa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDESE) foi alcançada e superada graças ao somatório dos esforços da Administração Municipal associada à participação e envolvimento dos representantes da sociedade civil.

O subsecretário Municipal de Esporte e ex-Secretário Geral do Conselho Municipal de Esporte e de Lazer, Professor Cláudio Gualbertto, por sua vez, destacou que a primeira meta estabelecida era colocar Timóteo entre os 100 melhores mineiros, quanto ao desempenho no Programa ICMS Esportivo. A partir daí, o trabalho que foi feito em cima de um planejamento prévio, levou o Município a se posicionar entre os 35 melhore classificados, dentre os 853 municípios mineiros, por dois anos consecutivos.

Com a alternância da Presidência, prevista no Regimento interno do Conselho Municipal de Esporte e Lazer, o Profissional de Educação Física, representante da categoria, Márcio Andrade, assume o comando do Colegiado pelo período de 2021-2023. Entre os desafios previstos para esse período, está a efetivação do Fundo Municipal do Esporte, a potencialização do desempenho do Município no Programa ICMS Esportivo para ampliar a arrecadação junto ao Governo de Minas. Tabém estão programadas a implementação do cadastro municipal de entidades esportivas, o desarquivamento do projeto de lei de utilização onerosa do Ginásio Poliesportivo Iorque José Martins (Ginásio Coberto) além do estudo da elaboração e encaminhamento de projeto de lei ao Executivo Municipal de uma legislação municipal para o incentivo ao esporte.

Publicações relacionadas

X