Aceiros previnem incêndios na mata do PERD

 Aceiros previnem incêndios na mata do PERD

(Divulgação/Prefeitura de Timóteo)

Secretaria de Obras revitaliza e amplia largura de cerca de 20 km de aceiros

Com objetivo de proteger a fauna e flora do Parque Estadual do Rio Doce (PERD), maior reserva de mata atlântica de Minas Gerais, o município de Timóteo executou a revitalização de aceiros no entorno da unidade de conservação ambiental. O trabalho foi realizado pela Secretaria de Obras, Serviços Urbanos, Habitação e Mobilidade e o setor de Defesa Civil em parceria com o Instituto Estadual de Florestas, equipe de brigadistas do PERD e Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, entre outros parceiros.

O serviço ampliou a largura das faixas de aceiro, que, em média, passaram a ter cinco metros. A operação incluiu a recuperação de estradas, possibilitando o tráfego de carros e de caminhões pipas para o combate inicial de eventuais incêndios. A ação integra o Plano de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais de Timóteo.

O secretário de Obras, Sérgio Martins, explica que a revitalização do aceiro do PERD abrange todos os bairros da Regional Leste, que fazem divisa com o parque. “Esta é uma ação preventiva que reduz de forma significativa o risco de proliferação de incêndios na mata do PERD. Além das faixas de aceiro, fizemos nas margens a poda de árvores com copas maiores que poderia facilitar a transmissão do fogo de uma área para outra”, explica o secretário.

Sérgio Martins frisou que, este ano, a unidade de conservação ambiental não foi atingida por incêndios. “Agradecemos o apoio da comunidade na proteção do parque. Os moradores devem estar vigilantes. Infelizmente, no ano passado, um incêndio provocou a queima de cerca de 600 hectares da mata, destruindo a fauna e flora”, lembrou.

Por sua vez, o soldado do Corpo de Bombeiros, Tales Oliveira Arruda, destacou a importância da parceria com os integrantes do Plano de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais para a proteção da unidade de conservação ambiental no período de estiagem. “A prevenção é de responsabilidade de todos e de cada um dos cidadãos”, afirma o militar, acrescentando que eventuais denúncias podem ser feitas pelos telefones 193 (Corpo de Bombeiros) e 181 (Disque Denúncia, que pode ser feito de forma anônima).

Publicações relacionadas

X