Ipatinga é novamente destaque no prêmio Cidades Inteligentes

 Ipatinga é novamente destaque no prêmio Cidades Inteligentes

“Se em 2021 já alcançamos uma posição de vanguarda entre todos os municípios do Estado por nossas ações voltadas para a Educação Integral, neste ano conquistamos o lugar mais alto do pódio com o Empreendedorismo aplicado na Educação e o Reaproveitamento 100, desenvolvido pelo nosso Banco de Alimentos. O que mostra que estamos trabalhando sério para que Ipatinga se desenvolva em todas as áreas”, agradeceu o prefeito Gustavo Nunes. Imagem: PMI

Graças a relevantes trabalhos desenvolvidos por meio das Secretarias de Educação e Assistência Social, em sintonia com políticas públicas de impacto planejadas e priorizadas pela gestão, Ipatinga foi contemplada, nesta quarta-feira (29), com o Prêmio Cidades Inteligentes 2022. A cerimônia, realizada no Royal Boutique Hotel, em Belo Horizonte, contou com a presença do prefeito Gustavo Nunes e das secretárias Patrícia Avelar (Educação) e Jany Mara Bartolomeu (Assistência Social).

A premiação aconteceu durante a conferência do Fórum Internacional de Minas Gerais, tendo o município recebido a estatueta dourada “Chama da Paz”. Os destaques de Ipatinga foram para os programas de Empreendedorismo, na Educação, e Reaproveitamento 100, desenvolvido pelo Banco de Alimentos.

Empreendedorismo na Educação

O projeto que levou a SME a novamente ser premiada visa normatizar a implantação do Empreendedorismo na Educação Básica do município. Além de disseminar a Educação Empreendedora, ele estimula a autonomia e o protagonismo dos estudantes ao capacitá-los para resolver problemas e criar valores. Assim, é implantada a Educação Empreendedora de forma definitiva na matriz curricular das escolas da rede municipal de ensino.

“De certa forma, este projeto visa incentivar o empreendedorismo nas próximas gerações, garantindo que a educação empreendedora fará parte de forma definitiva da matriz curricular das escolas da rede municipal”, reafirmou a secretária de Educação de Ipatinga, Patrícia Avelar.

Reaproveitamento 100

Já a SMAS levou o prêmio em reconhecimento à eficiência do projeto Reaproveitamento 100, que envolve o recolhimento de alimentos aptos ou não para consumo do circuito comercial e o seu aproveitamento integral, após passarem por um processo de triagem, onde é feita a seleção, recuperação, desinfecção e embalo. Aqueles que após todo o processo são considerados impróprios para o consumo humano são separados e destinados ao consumo de animais e compostagem.

“O Banco de Alimentos de Ipatinga se tornou uma referência no Estado. Hoje podemos dizer que, graças ao Reaproveitamento 100, todos os alimentos que chegam ao local têm destinação adequada, após passarem por vários processos. Nada é descartado, nem mesmo o que parece impróprio para o consumo humano, sendo a parcela assim identificada destinada a outras finalidades”, destacou a secretária de Assistência Social”, Jany Mara Bartolomeu.

 

 

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

Publicações relacionadas

X