Ipatinga investe mais de R$ 12 milhões em reconstrução e modernização de escola municipal

 Ipatinga investe mais de R$ 12 milhões em reconstrução e modernização de escola municipal

Fachada da Escola Nelcina Rosa de Jesus. Foto: Reprodução redes sociais

Previsão é de que a obra na Escola Nelcina Rosa de Jesus, seja executada em dois anos, com recursos próprios do município. Educandário terá capacidade de atender 780 alunos em regime de Tempo Integral

 

O prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes (PSL), assinou nesta manhã (26), ao lado de diversas autoridades da cidade, a ordem de serviço para execução de obras de reconstrução e modernização da Escola Municipal Nelcina Rosa de Jesus, no bairro Veneza. A previsão é de que a reforma dure dois anos, com a perspectiva de que o educandário possa receber 780 alunos em regime de Tempo Integral.

A obra está avaliada em pouco mais de R$ 12 milhões e 300 mil, e será feita com recursos do próprio município. As salas de aula serão divididas em três blocos com dois pavimentos cada. O projeto prevê ainda cozinha, banheiros, laboratório de informática, área de convivência para o desenvolvimento de atividades pedagógicas, artísticas e culturais para a Educação em Tempo Integral, além de uma quadra poliesportiva coberta. Os serviços não comprometerão o funcionamento da escola no ano letivo que se avizinha, uma vez que ela continuará funcionando em seu outro “anexo”.

“Sempre faço questão de frisar que um dos intuitos da nossa administração é fazer da educação em Ipatinga uma referência nacional. Por isso, no início de 2021 realizei algumas reuniões com os dirigentes da Secretaria de Educação, e definimos que, antes de mais nada, colocaríamos para andar todos os projetos oriundos de administrações anteriores que fossem identificados como positivos e permaneciam estagnados, apenas no papel. Daí identificamos que havia sido feito um cadastro para que fosse feita uma reforma na Escola Nelcina Rosa de Jesus. Porém, em visita a Brasília descobrimos que o projeto não contemplava os critérios estipulados pelo Ministério da Educação, daí a sua inviabilização com aporte da União. Então, mesmo sem o recurso federal, após análises minuciosas, autorizamos à SME que mantivesse o plano de execução com recursos próprios do município”, detalhou o chefe do Executivo.

prefeito Gustavo Nunes assinando ordem de serviço na manhã desta quarta-feira (26). Foto: Divulgação PMI

O secretário de Governo de Ipatinga, Roberto Soares, acentuou os esforços feitos pelo município para que a obra saísse do papel. “Graças a uma engenharia feita e pensada a várias cabeças, conseguimos, dentro do planejamento financeiro da Secretaria Municipal de Educação, contemplar a reforma da escola com recurso próprio. Ipatinga pode se orgulhar de ter sido uma das cidades do país que mais investiu em educação no ano de 2021, e caminhamos para reeditar essa posição de vanguarda em 2022. Outro ponto importante a se destacar é que todo o material que sair da escola original será aproveitado em outros locais, como medida de austeridade”, frisou.

 

História

Originalmente, a Escola Municipal Nelcina Rosa de Jesus existia como anexo da Escola Professora Argentina Vianna Castelo Branco. Em 1980, houve o desmembramento dos educandários, que passaram a funcionar independentes, sendo Juraci Perpétua Araújo a primeira diretora da Nelcina.

O nome Nelcina Rosa de Jesus é uma homenagem póstuma à mãe do falecido vereador e pioneiro de Ipatinga, José Orozimbo da Silva. Até 1993, o educandário oferecia turmas de primeira à quarta série. A partir daí, houve a extensão das quatro últimas séries do Ensino Fundamental. No ano de 2019, foi integrada à unidade a Educação Infantil. Contudo, em um remanejamento funcional implementado na rede, esta modalidade deixou de ser oferecida no local, no ano passado.

“Para nós, é a realização de um sonho, pois foram anos a fio com o desejo de fazer uma nova Nelcina. E com o aval da atual administração, tornamos esse sonho realidade. A comunidade do bairro Veneza pode alimentar as melhores expectativas, porque aqui nascerá uma escola moderna, extremamente estruturada, ainda mais linda”, comentou a secretária de Educação do município, Patrícia Avelar.

Publicações relacionadas

X