Ipatinga terá clínica-escola para pessoas com Autismo

 Ipatinga terá clínica-escola  para pessoas com Autismo

(Reprodução/ PMI)

Equipamento público será implantado no Centro. Prospecto de projeto deve ser apresentado em janeiro.

O prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes, acompanhado do secretário de Governo, Roberto Soares; da secretária de Educação, Patrícia Avelar, e do secretário de Saúde, Cléber de Faria, juntamente com o vereador Daniel Guedes, pai de autista e defensor da causa, receberam na tarde de quarta-feira (15) representantes de entidades e familiares de pessoas com TEA – Transtorno do Espectro Autista. O encontro teve o objetivo de apresentar as ações desenvolvidas pelo governo ao longo do ano, discutir as principais demandas deste público e fortalecer as políticas públicas voltadas para o tema.

Na ocasião, o chefe do Executivo ipatinguense destacou seu empenho para garantir ainda mais respeito, inclusão e oportunidades às crianças e adultos com autismo. Ele frisou que as ações para instalação de uma clínica-escola em Ipatinga já estão em andamento com o objetivo de proporcionar maior e melhor acolhimento às famílias dos autistas. Ainda segundo o prefeito, a clínica será instalada em uma área do município, com cerca de 8 mil metros quadrados, já reservada para este fim.

“Nossa equipe está trabalhando na elaboração do projeto, e a perspectiva é de que já no mês de janeiro de 2022 seja apresentado um prospecto das instalações da clínica-escola. Sabemos da importância desse equipamento para auxiliar o atendimento das pessoas com TEA”, adiantou.

O secretário de Governo do município, Roberto Soares, explicou que algumas burocracias e entraves técnicos impediram que a implantação da clínica ocorresse ainda neste ano, mas informou que os recursos específicos para a obra já estão garantidos na Lei Orçamentária de 2022. “O governo funciona com ações continuadas. Infelizmente, não havia orçamento destinado para essa finalidade, mas vamos construir um equipamento moderno e com toda estrutura necessária para acolher as pessoas com autismo”, salientou o secretário.

 

Defesa da causa autista

O vereador Daniel Guedes é autor do projeto que resultou na Lei 4.138/2021, sancionada pelo prefeito Gustavo Nunes em março deste ano, que institui em Ipatinga diretrizes da Política Municipal de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno de Espectro Autista (TEA). O mesmo instrumento estabelece que seja implementado no município o Programa de Política Municipal de Proteção dos Direitos e Atendimentos da Pessoa com TEA.

O parlamentar, que também é pai de autista, enfatizou que desde quando se tornou um ativista da causa é a primeira vez que um governo abre as portas para discutir as políticas públicas em favor das pessoas com TEA. “É necessário agradecer a sensibilidade e o olhar humano do prefeito Gustavo Nunes. Temos uma luta diária, e saber que podemos contar com o apoio de tanta gente nos passa uma segurança que é fundamental para seguir em frente”, disse o vereador.

Publicações relacionadas

X