Prefeitura de Ipatinga recebe “Prêmio Cidades Inteligentes” por projeto educacional

 Prefeitura de Ipatinga recebe “Prêmio Cidades Inteligentes” por projeto educacional

(Reprodução/ PMI)

Honraria foi concedida durante conferência do Fórum Internacional de Minas Gerais, nesta segunda-feira

A Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), foi agraciada com o Prêmio Cidades Inteligentes 2021, pela utilização de centros educacionais pedagógicos como instrumento de oportunidades e aperfeiçoamento na Educação em Tempo Integral.

A estatueta dourada “Chama da Paz” foi concedida à administração do município na  manhã desta segunda-feira (6), durante a conferência do Fórum Internacional de Minas Gerais, evento realizado de forma on-line em respeito a restrições impostas pela pandemia. O  prefeito Gustavo Nunes, que na cerimônia foi representado pela secretária de Educação Patrícia Avelar, agradeceu a distinção e destacou a “a notável evolução” das práticas de ensino na cidade neste primeiro ano de mandato.

“Desde que assumimos a administração municipal, sempre disse que a educação é um pilar para qualquer governo que preze pelo bem-estar e maior qualidade de vida para a sociedade. Por isso, fiz questão de visitar todas as nossas 47 escolas, ouvir as necessidades de cada uma e buscar soluções possíveis. Em 2022, teremos mais quatro educandários com ensino em tempo integral, e nosso objetivo é que cada vez mais escolas funcionem neste sistema. Nossa meta é transformar Ipatinga numa referência nacional neste modelo educacional”, disse.

Na parte da tarde, a professora da Educação em Tempo Integral da UCEPAI, Jaqueline Granato, apresentou na conferência o “pitch” vencedor para os demais municípios premiados.

 

O projeto

O projeto inscrito no “Prêmio Cidades Inteligentes” apresentou locais como a Unidade Centro Educacional Pedagógico e de Aperfeiçoamento Integral (UCEPAI), no bairro Forquilha, e o Centro Esportivo e Cultural 7 de Outubro, no bairro Veneza, que são centros especializados onde a Educação em Tempo Integral já é aplicada para cerca de 4.000 alunos da rede municipal.

“Desde o início da atual administração, sempre tivemos um olhar especial para a Educação em Tempo Integral. Atualmente, temos centros especializados como o UCEPAI e o 7 de Outubro, que já são referências no quesito, com aplicação de aulas de música, empreendedorismo, esportes, entre outros conteúdos importantes para a formação de nossos alunos, não só como pessoas, mas como cidadãos. Em 2022 as escolas Benvinda Moreira Pacheco, no Caravelas; Everson Magalhães Lage, no Caçula; Jaime Morais Quintão, no Jardim Panorama, e Professor Evaldo Fontes, no Forquilha, também passam a integrar o time dos educandários com todos os alunos na Educação Integral”, adiantou a secretária de Educação de Ipatinga, Patrícia Avelar.

Publicações relacionadas

X