Operação tapa-buracos mira no atendimento a mais de 400 pontos críticos nesta semana em Ipatinga

 Operação tapa-buracos mira no atendimento a mais de 400 pontos  críticos nesta semana em Ipatinga

(Reprodução/PMI)

Devido aos estragos provocados pelas intensas e persistentes chuvas que caíram sobre a cidade nos últimos dias, a Prefeitura de Ipatinga retomou com vigor a operação tapa-buracos, nesta semana, com prioridade para alguns dos principais corredores de tráfego. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), os pontos mais críticos da malha urbana estão sendo atacados em várias frentes, e a meta é eliminar cerca de 80 buracos diariamente, em diversas regiões.

As ações vêm sendo priorizadas em locais com maior fluxo de veículos e utilizados como itinerários de ônibus, além de outros pontos precários identificados, seja pela própria administração ou a partir de indicações da comunidade. Em circunstâncias normais, o asfalto aplicado tem uma vida útil entre 8 e 12 anos, e percebe-se que muitos dos problemas são ocasionados pela antiguidade da pavimentação, que chega a ser de mais de 40 anos em parte dos locais afetados.

Segundo o secretário municipal de Obras Públicas, Dijalma Pires, a projeção é de que nesta semana sejam suprimidos ao menos 400 buracos. Até esta quarta-feira (24), máquinas e homens estarão mobilizados nos bairros Ferroviários, Cidade Nobre, Canaã, Bethânia, Tiradentes, Vila Celeste, Granjas Vagalume e Chácaras Oliveira. Na sequência, serão atendidos trechos das rotas hospitalares e Limoeiro. Caso as condições meteorológicas permitam, a ação será ininterrupta pelos próximos dias, evoluindo por outros bairros.

Somente nesta segunda-feira (22), foram despendidas na operação 18 toneladas de massa asfáltica. Dada a intensidade do serviço e devido à multiplicidade dos pontos afetados, a perspectiva é de que sejam aplicadas 50 toneladas de asfalto somente até o fim desta semana.

 

Indicações de pontos críticos

Vale ressaltar que a população ainda pode contribuir para a programação das equipes de trabalho, entrando em contato com o governo para sugerir locais necessitados.

A Semop informa que os atendimentos têm priorizado demandas apresentadas pela comunidade em razão do período chuvoso, e elas devem ser encaminhadas por meio da Ouvidoria do município. Os pedidos podem ser formulados pelo telefone 156 ou e-mail ([email protected]). A Prefeitura disponibiliza ainda o número 3829-8198 para registro das solicitações.

Publicações relacionadas

X