Aulas da rede escolar de Ipatinga são retomadas no formato 100% presencial

 Aulas da rede escolar de Ipatinga são retomadas no formato 100% presencial

(Divulgação/PMI)

Destaque no avanço da vacinação em todo o Estado e com números controlados da pandemia, município ainda oferece suporte especial para alunos com defasagem de aprendizado na retomada da frequência total aos educandários

As aulas na rede municipal e conveniada de ensino, assim como nos estabelecimentos educacionais privados de Ipatinga, voltaram a ter a presença de todos os alunos nesta quarta-feira (20), conforme especificado no  Decreto nº 9.829, publicado pelo Executivo no Diário Oficial do último dia 8 de outubro.

O prefeito Gustavo Nunes destacou a importância da retomada do sistema convencional, após vários meses de restrições impostas pelos riscos de contaminação pela Covid-19. Ele reafirmou que a liberação da frequência total dos estudantes só se tornou possível graças aos números controlados da pandemia na cidade, resultado do avanço da vacinação e uma série de outras medidas acertadas adotadas pelas equipes técnicas do governo ao longo dos últimos meses.

“Para a administração municipal, o retorno das aulas presenciais é um marco, pois sempre fizemos questão de frisar que a educação é uma de nossas prioridades. Cumprimos um processo de evolução gradativa, primeiramente com a adoção do formato semipresencial, híbrido, e em agosto abolimos de vez o sistema 100% remoto, para agora, enfim, conseguirmos liberar o comparecimento integral dos matriculados nas escolas”, pontuou o chefe do Executivo.

 

Acompanhamento técnico

A decisão é amparada nos scores apurados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), que possibilitam há um longo tempo, tecnicamente, 100% de ocupação nas salas de aula. Outro fator preponderante é que todos os professores  já tomaram as duas doses de vacina e o município já está atendendo com os imunizantes, há algum tempo, adolescentes de 12 anos sem comorbidades.

 

Projeto de Intervenção Pedagógica

Em paralelo com a adoção do formato 100% presencial, a Secretaria Municipal de Educação (SME) contratou cerca de 200 profissionais para integrarem o Projeto de Intervenção Pedagógica, que visa auxiliar os alunos que tenham algum tipo de dificuldade de adaptação após tanto tempo no formato remoto ou híbrido.

“A SME está sempre atenta a todas as necessidades de nossos alunos e, por isso, estamos implantando em todos os educandários da rede municipal o Projeto de Intervenção Pedagógica, para trabalharmos justamente essa aprendizagem, que ficou tão defasada durante o período de ensino remoto”, explicou a secretária de Educação de Ipatinga, Patrícia Avelar.

O projeto será aplicado em horários extracurriculares. Contudo, de acordo com análise do corpo docente, os alunos que não conseguirem acompanhar o ritmo das aulas presenciais poderão receber auxílio individual durante o período normal dos estudos.

Publicações relacionadas

X