Prefeitura de Ipatinga contrata 30 mil exames de ultrassom

 Prefeitura de Ipatinga contrata 30 mil exames de ultrassom

(Divulgação/PMI)

Com atendimento dinâmico, o município pretende zerar fila para a demanda na rede de saúde local. Além desta contratação, a administração mantém outros três contratos que contemplam mais 17 mil exames por ano.

Reduzir e até mesmo zerar algumas das filas de pessoas que há anos esperam por atendimento relacionado a exames de média e alta complexidade em Ipatinga. É esse o objetivo que a Prefeitura Municipal de Ipatinga, por meio da Secretaria de Saúde, pretende alcançar com a contratação de 30 mil novos exames de ultrassom.

A oficialização da providência aconteceu na tarde desta segunda-feira (27), com a assinatura de um contrato de prestação de serviços entre a Prefeitura de Ipatinga, Fundação São Francisco Xavier (FSFX) e Memo – Serviço Móvel Especializado em Saúde, empresas que foram credenciadas após publicação de edital e serão responsáveis pela execução dos trabalhos.

Serão realizados exames de ultrassom de mama, transvaginal, de articulação, vias urinárias, abdômen total e ecocardiograma, dentre outros procedimentos. As Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) iniciam a partir desta terça-feira (28) os agendamentos para os pacientes que estão cadastrados na fila de espera do Sistema SANITAS.

O prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes, explica que a administração fez a compra dos exames via Chamamento Público, para atender os pacientes que aguardavam encaminhamento há anos. Atualmente, Ipatinga registra no sistema uma demanda reprimida de aproximadamente 50 mil exames.

Para pôr um ponto final nesse verdadeiro drama das pessoas que ainda esperam atendimento, o governo municipal resolveu contratar, por meio de Chamamento Público, mais exames de média e alta complexidade. “Estamos realocando os recursos públicos para fazer mais esse investimento na Saúde”, explica o prefeito. “A saúde é a coisa mais importante na vida de cada um. Por isso estamos nos empenhando tanto nesta área, priorizando de fato a assistência à população”, disse.

O investimento da administração municipal no “Programa Fila Zero” chega a mais de R$ 2 milhões. “Trata-se de uma ação histórica na nossa cidade, mais necessária do que nunca, para enfim zerarmos a fila de atendimento, se não em todas, na maioria dos exames”, informou o prefeito.

Entre outros, participaram do ato solene de contratação dos exames, na tarde desta segunda-feira (27), na sala de reuniões do gabinete do Executivo, o presidente da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), Salvador Prado Júnior, e o diretor da empresa Memo  – Serviço Móvel Especializado em Saúde, Gláucio Oliveira Dias, além dos secretários municipais de Saúde, Cléber de Faria, e de Governo, Roberto Soares.

 

Programa Fila Zero

A ação é intitulada de “Programa Fila Zero”, uma vez que pretende eliminar inteiramente a demanda de espera por exames de ultrassonografia. Parte dos exames serão realizados pela Fundação São Francisco Xavier, dentro das unidades de atendimento, e outra parte numa carreta com profissionais e equipamentos que vai percorrer as regionais do município.

Os serviços terão início na próxima sexta-feira (1),  por meio de agendamento, para pessoas que estão na fila aguardando ultrassonografia. A princípio a carreta de atendimento estará estacionada na Praça dos Três Poderes, no Centro. No entanto, a expectativa da Secretaria de Saúde é que o “Programa Fila Zero” atenda todas as regionais da cidade.

“Temos certeza de que vamos conseguir zerar a demanda reprimida de exames de ultrassom em Ipatinga. Além dessa contratação, a administração mantém outros três contratos que contemplam 17 mil exames por ano. Estamos fazendo uma atualização no sistema para atender de forma ágil toda a população que aguarda há tanto tempo”, informou o secretário de Saúde do município, Cléber de Faria.

Publicações relacionadas

X