Prefeitura de Ipatinga programa execução de dezenas de projetos de extensão de energia elétrica

 Prefeitura de Ipatinga programa execução de dezenas de projetos de extensão de energia elétrica

(Divulgação/Prefeitura de Ipatinga)

Regiões historicamente desassistidas serão atendidas com iluminação de LED. Primeiras intervenções acontecem na BR-381 e praças do bairro Bethânia.

A Administração de Ipatinga iniciou no último mês de julho a execução de um amplo projeto de extensão de rede elétrica, que contemplará diversas regiões do município. A melhoria das condições de luminosidade e segurança será notada em vários bairros e corredores urbanos, com instalação de postes e luminárias de LED, beneficiando moradores e pessoas em trânsito.

De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (SESUMA), os benefícios da iluminação estão sendo levados prioritariamente aos locais onde se registram as maiores demandas da comunidade. O governo está atendendo sobretudo as reinvindicações transmitidas por meio dos canais de comunicação da prefeitura.

Os pontos de implantação das redes passam primeiro por aprovação da concessionária de energia elétrica, seguindo-se a realização dos serviços onde existe viabilidade técnica. Contudo, há algumas exceções, com características que agilizam o atendimento, como explica o secretário Célio Andrade, titular da Sesuma: “É importante antecipar que, a princípio, todos os locais listados nas solicitações serão atendidos. Alguns moradores vêm questionando sobre certos pontos da cidade que já estão sendo iluminados. Vale ressaltar que determinadas áreas – tão carentes dos serviços quanto as demais – não necessitam de aprovação da Cemig, já que dependem apenas da instalação de medidores de energia para ligação dos postes (e por isto já estão em fase de execução)”.

Entre estes locais, conforme citou, estão as praças da rua Porto com rua Toledo e da rua Guimarães com rua Pontal, no bairro Bethânia; a avenida Pedro Linhares (trecho urbano da BR-381) na saída para BH e alça de acesso ao bairro Bom Retiro, já com os trabalhos em andamento.

 

Dezenas de projetos

Ainda de acordo com Célio Andrade, nada menos do que 81 projetos de extensão de energia, com 315 novos postes com luminárias já estão sob avaliação da concessionária, sendo que as empresas responsáveis pela execução estimam que serão implementados em um período de seis meses subsequentes à aprovação dos projetos pela concessionária.

Mais 200 projetos, relativos a outras localidades, informa o governo municipal, já estão sendo elaborados, e serão objeto de novas licitações logo após a finalização das intervenções nos primeiros pontos relacionados.

“Algumas dessas demandas são bastante antigas, tratam-se de necessidades históricas. Somente agora serão atendidas devido à complexidade das intervenções”, acrescenta Célio Andrade.

 

Cronograma

A Prefeitura aguarda apenas as aprovações da Cemig para decidir o cronograma das obras. Há previsão de que os projetos que serão aprovados primeiro são os dos bairros Caravelas, Bom Jardim, Bethânia, Iguaçu, Horto e Centro. Segundo a Sesuma, as intervenções serão realizadas por bairros.

Publicações relacionadas

X