Nardyello Rocha atualiza quadro de UTI’s em Ipatinga hoje (29)

 Nardyello Rocha atualiza quadro de UTI’s em Ipatinga hoje (29)

O prefeito de Ipatinga, Nardyello Rocha, atualizou o quadro dos leitos hospitalares do município até a manhã desta sexta-feira (29). De acordo com o chefe do Executivo, a cidade está com 100% de ocupação nos leitos de UTI que tratam pacientes com Covid-19, tanto no Hospital Municipal quanto no HMC.

“Nós chegamos na manhã desta sexta a 211 casos confirmados. Somos uma das cidades de Minas que mais testa e por isso nossos números são muito verdadeiros. O número de leitos na verdade que é preocupante. Estamos nos organizando para que, se necessário for, compremos leitos de UTI convênio para a utilização dos nossos pacientes do SUS”, afirma.

Leia Mais: Ipatinga tem 100% de ocupação dos leitos para Covid-19; município aguarda respiradores

Leia Mais: Ipatinga e Fabriciano recebem respiradores para tratar pacientes

Nardyello também reiterou que a Secretaria Municipal de Saúde está se organizando para a montagem do hospital de campanha, que ficará localizado na Escola Estadual Canuta Rosa de Oliveira Barbosa, no bairro Cidade Nobre. A medida busca desafogar a espera de pacientes nos hospitais da cidade.

“O hospital de campanha é um acessório, leitos técnicos, como se fosse de enfermaria. Ele será necessário para que possamos crescer o atendimento do Covid-19 se necessário for. Na semana que vem ele será montado em Ipatinga, sem UTI, por que temos o dinheiro para comprar o equipamento, mas não temos os equipamentos à venda no mercado; principalmente os respiradores”, explica.

Isolamento social

No comunicado, o prefeito garante que foram as políticas de mitigação e isolamento social, que garantiram a Ipatinga o período necessário de achatamento da curva de infectados e ações preventivas de segurança para a população.

“Poderíamos estar muito pior. Então foi nesse período que nós fizemos o trabalho de desinfestação dos pontos de ônibus e praças, locais onde havia aglomeração de pessoas. Foi com esse tempo que contratamos novos profissionais. Foi nesse tempo que nós passamos de 16 leitos de enfermaria para 40. Foi nesse tempo que nós passamos de 7 leitos de UTI para 10, e agora 12 ou 13. Esse tempo foi fundamental”, garante Nardyello Rocha.

Publicações relacionadas

X