Menos comércio e mais máscaras: confira a opinião do povo sobre medidas em Ipatinga

 Menos comércio e mais máscaras: confira a opinião do povo sobre medidas em Ipatinga

A partir desta sexta-feira, 29 de maio, e até o próximo dia 8 de junho, todos os setores do comércio de Ipatinga diferentes daqueles que são considerados essenciais (supermercados, padarias, farmácias, academias, postos de combustíveis, entre outros) deverão funcionar em dias alternados, três dias por semana. Eles estarão abertos somente às segundas, quartas e sextas, com expediente de 12h às 18h.

A decisão foi tomada após reunião entre a prefeitura de Ipatinga com o Comitê Gestor de Crise do município. O endurecimento do processo de mitigação na cidade se deve pelo agravamento do quadro epidemiológico relacionado com o Coronavírus. Apenas nos dois últimos dias, Ipatinga registrou mais 47 casos positivos de Covid-19, somando agora um total de 149. As taxas de ocupação de leitos de UTI e Enfermaria subiram a 90% e 83%, respectivamente, sinalizando uma situação preocupante para os próximos dias, mesmo com uma série de medidas tomadas pelo poder público para minimizar os efeitos da pandemia.

O decreto municipal que regulamentará as novas providências oficializadas pelo Executivo. Entre elas, está ainda a suspensão das feiras livres a partir desta sexta-feira (29), até 8 de junho, como forma de conter aglomerações. Está previsto, também, obrigatoriamente, o uso de máscaras não apenas em recintos fechados, mas em todas as áreas de Ipatinga. Os deslocamentos de idosos que se beneficiam da gratuidade do transporte coletivo também deverão ser restringidos em horários de pico.

Um dos principais argumentos para a tomada de novas medidas restritivas quanto à circulação de pessoas pelas ruas, no transporte e estabelecimentos de Ipatinga, além de outras ações complementares. A equipe do Portal MaisVip foi até as ruas para saber o que populares pensam a respeito das medidas restritivas:

 

Publicações relacionadas

X