URGENTE: Justiça autoriza Ipatinga a flexibilizar funcionamento das academias a partir de amanhã (13)

 URGENTE: Justiça autoriza Ipatinga a flexibilizar funcionamento das academias a partir de amanhã (13)

A Justiça autorizou Ipatinga a flexibilizar funcionamento das academias a partir desta quarta-feira (13). Novo decreto permite o restabelecimento das atividades no setor será publicado ainda hoje no Diário Oficial no site da PMI.

De acordo com o comunicado realizado na tarde desta terça (12), a prefeitura se respalda no decreto federal que garante as academias como atividades essenciais.

Segundo Nardyello Rocha, todas as decisões tomadas no município tem como base os números que revelam o combate contra a pandemia do novo coronavírus. E são esses dados que permitem a administração flexibilizar as atividades comerciais.

“Nós fizemos um manifesto para que fosse reconsiderado a eficácia do seu artigo oitavo no que se refere às academias após a decisão e o decreto do governo federal inserindo as academias dentro do hall de serviços essenciais. Daí nós tivemos o resultado nesta terça-feira e esse resultado permitiu que a prefeitura faça essa flexibilização e a partir de amanhã nós teremos as academias abertas novamente”, explica.

Entenda o caso

A Justiça de Minas Gerais atendeu o pedido do Ministério Público, entendendo que ” o Município de Ipatinga, editou o Decreto n° 9312/2020, em descompasso com a Deliberação n°. 17 do Comité Extraordinário Estadual COVID-19, ao autorizar o funcionamento de shopping centers, galerias e centros comerciais, academias, estúdios, centros de ginástica e congêneres, bem como de restaurantes, lanchonetes, bares e estabelecimento congêneres”.

Diante disso, a Justiça deliberou frente à decisão judicial que determina “em tutela de urgência”, o fechamento academias, bares, restaurantes, lanchonetes e shoppings da cidade. Nardyello garantiu que a administração do município irá recorrer judicialmente diante das circunstâncias apresentadas. Conforme o prefeito, o combate de Ipatinga contra o Covid-19 tem apresentado um êxito que permite a flexibilização das atividades comerciais.

Publicações relacionadas

X