Escolas de Coronel Fabriciano recebem kits para práticas esportivas e aulas de educação física

 Escolas de Coronel Fabriciano recebem kits para práticas esportivas e aulas de educação física

Kits de materiais esportivos foram adquiridos com recursos próprios da Prefeitura

A Prefeitura de Coronel Fabriciano investiu cerca de R$120 mil na aquisição de kits de materiais e equipamentos para prática esportiva e aulas de educação física nas escolas. Todas as 25 unidades escolares já receberam os kits, inclusive a Escola Municipal Maria da Conceição Ataíde, em Cocais

O material servirá tanto para as aulas de educação física quanto para competições, como os Jogos Escolares de Coronel Fabriciano (JEF-2021) e os Jogos da Integração e Inclusão de Coronel Fabriciano (JIICF-2021).

Foram adquiridas bolas específicas para todas as faixas de idade em todas as modalidades esportivas, além de escadas de agilidade, cones, chapéus chinês, barras de atletismo, aparelhos de jump e step, e kits de aeróbica. Também foram adquiridos jogos de dama, xadrez, uno, peteca, dedobol, corda e arco, redes de vôlei e futsal.

O Secretário de Governança Educacional, Carlos Alberto Serra Negra falou da realização pessoal ao entregar os kits para os alunos. “Eu aprendi a jogar xadrez na escola de ensino fundamental. Hoje estamos investindo no futuro destes estudantes, pois o esporte e as atividades físicas poderão transformá-los em cidadãos mais preparados para o mundo”, disse.

O investimento foi feito com recurso próprio. Com o fim do projeto Mais Educação em 2017, o município parou de receber recursos do Governo Federal para esse fim. A administração municipal assumiu o projeto e desde então tem financiado os custos
e aquisições necessárias às atividades.

A Escola Municipal Argeu Brandão, no bairro Manoel Maia, foi uma das contempladas. O diretor da unidade, Iranildo Antônio Silva, acredita que os kits ajudarão também na socialização. “Vamos beneficiar cerca de 500 alunos somente aqui. Todos eles querem praticar esportes, onde eles se sentem seguros e felizes”, disse.

 

COMBATE À OBESIDADE INFANTIL

Com o apoio do Programa Saúde na Escola, da Secretaria de Governança da Saúde, foi implantado um novo projeto: o combate à obesidade infantil por meio da prática de atividade física. No Clube Olímpico do Bairro Amaro Lanari e no Núcleo Ivano Bessa (Curumim), são realizados desafios aeróbicos semanais e aulas de jump, step, funcional e ritmos.

Voltado para alunos do 6º ao 9º ano, o projeto está focado na saúde e começa dentro das salas de aulas com palestras e dicas sobre alimentação. A adesão é voluntária.

Quem optar em participar do desafio de saúde e atividade física do Educar Mais terá o Índice de Massa Corporal (IMC) aferido pelos profissionais de educação física. Após 30 dias, o IMC será aferido de novo e os profissionais de educação física analisarão os resultados e darão um parecer para os alunos para ver se houve melhora no IMC do aluno. Este grupo terá 4 aulas semanais de 30 minutos de atividades aeróbicas e anaeróbicas visando melhorar a saúde e consequentemente todos os índices de saúde.

O coordenador do projeto Educar Mais, Fábio José Ferreira, diz que o investimento é histórico. “É um grande dia para nossas escolas e para os alunos da educação infantil ao 9º ano. Com estes materiais, além de melhorar as aulas de educação física, a gente está criando possibilidades de combater a obesidade infantil e descobrir novos talentos para o esporte. Sem estes materiais isso seria impossível”, disse.

Para Fábio, os kits para práticas esportivas e aulas de educação física representam um avanço também para os professores. “Uma aula bem dada necessita de material. Então o professor terá muito mais tranquilidade sabendo que ele tem o material adequado para suas aulas de educação física”, concluiu.

Publicações relacionadas

X