Supermercado afirma que atendia decreto da Prefeitura de Fabriciano

 Supermercado afirma que atendia decreto da Prefeitura de Fabriciano

O supermercado, localizado no Centro de Coronel Fabriciano, que teve seu alvará cassado pela prefeitura do município nesse sábado (28), emitiu uma nota esclarecendo o ocorrido. De acordo com o supermercado, ele atendeu todas as determinações do decreto municipal e não tem responsabilidade pela aglomeração de pessoas na rua.

Um vídeo que mostrava uma grande fila nos arredores do supermercado em Coronel Fabriciano circulou pelas redes sociais ontem. Com a divulgação das imagens, tendo em vista as medidas de segurança que devem ser adotadas para impedir a disseminação do novo coronavírus, o prefeito do município, Marcos Vinícius Bizarro (PSDB) decidiu cassar o alvará sanitário do local.

Confira a nota de esclarecimento do supermercado na íntegra:

O Coelho Diniz esclarece a população e a imprensa que atendeu todas as determinações do decreto municipal da Prefeitura de Coronel Fabriciano, disponibilizando álcool gel na entrada da loja e em todos os caixas, restringindo a entrada de pessoas na loja e no estacionamento para evitar aglomerações. Todos os checkouts estavam operando com no máximo 2 a 3 clientes para manter a distância de segurança recomendada. Agora com relação à aglomeração de pessoas que se formou na calçada da rua , o supermercado não pode ser responsabilizado.

O Coelho Diniz sempre teve como missão oferecer ofertas a preços acessíveis a toda a comunidade, e neste momento difícil, o que fizemos foi mais uma vez oferecer preço justo a toda população!

Fica aqui o nosso esclarecimento e estamos a disposição das autoridades para juntos encontrarmos uma solução.

Atenciosamente,

Supermercado Coelho Diniz.

Publicações relacionadas

X