FSFX demonstra preocupação com avanço da Covid no Vale do Aço e reforça cuidados

 FSFX demonstra preocupação com avanço da Covid no Vale do Aço e reforça cuidados

Com o crescimento recente dos casos da COVID-19 no Vale do Aço, a Fundação São Francisco Xavier (FSFX) reforça a importância da conscientização das pessoas quanto aos cuidados necessários para a prevenção e a busca por informações seguras. Segundo o médico infectologista da instituição, Dr. Evaldo Stanislau Affonso de Araújo, 80% a 85% das pessoas infectadas pela COVID-19 apresentam sintomas leves ou não terão sintomas e vão se curar espontaneamente graças à resposta imunológica do próprio organismo contra o vírus. “É preciso que as pessoas fiquem em casa e sigam as orientações das autoridades sanitárias. Em caso de necessidade de sair de casa, façam o uso da máscara”, afirma. 

Para aquelas pessoas com confirmação da Covid-19 e que estão em isolamento domiciliar, o médico ressalta a orientação para os familiares permanecerem em quarentena e monitorarem o aparecimento de sintomas em outras pessoas residentes no local. “Vale ressaltar que caso alguma das pessoas que tiveram contato com alguém já diagnosticado venha a desenvolver um quadro compatível com a COVID, o prazo de 14 dias passa a ser recontado a partir do início dos sintomas”.

No caso dos pacientes internados, as unidades hospitalares da Fundação mantêm o tratamento baseado nos dados e evidências da Literatura Médica, nas melhores recomendações científicas internacionais e protocolos do Ministério da Saúde, através de uma equipe médica especializada e estrutura adequada. “Os pacientes hospitalizados para tratamento da COVID-19 são internados em condições muito específicas, quando há sinais de baixa oxigenação do sangue ou de sofrimento de outros órgãos e sistemas importantes do nosso corpo. O tratamento é voltado para a oxigenação e, em alguns casos, há a indicação de medicamentos que evitam a coagulação do sangue, diminuem a inflamação e tratam de infecções secundárias bacterianas. O tratamento e a assistência ofertada nas unidades hospitalares da FSFX seguem critérios rigorosos e as diretrizes da Instituição de garantir segurança ao paciente, realizando o que está aplicado na Literatura e no que há de evidência científica.” 

A FSFX reforça que umas das principais orientações para a prevenção e contenção da doença é que todas as pessoas que podem ficar em casa, permaneçam em seus lares e sigam as orientações de prevenção corretas. “Orientamos e ressaltamos as medidas básicas de prevenção, como o uso de máscara, a higienização correta e constante das mãos e o distanciamento social. Mas por outro lado, reforçamos a confiança e a serenidade aos familiares de que tudo que é possível está sendo feito para o combate da COVID-19. É importante que a família tenha a percepção real e, nós oferecemos todas as informações, por meio dos boletins médicos para os familiares, para que possam acompanhar e trabalhar junto à equipe especializada para a recuperação do paciente”, finaliza Evaldo.

Publicações relacionadas

X