Secretaria de Estado de Saúde recomenda fechar Vale do Aço

 Secretaria de Estado de Saúde recomenda fechar Vale do Aço

O secretário adjunto da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Marcelo Cabral pediu, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (29), para que os moradores da região do Vale do Aço mantenham o isolamento social por causa da pandemia pelo novo coronavírus (Covid-19). A região foi a primeira em que o Estado fez reunião com os diretores da Saúde e, segundo o secretário adjunto, o Vale do Aço merece atenção. 

“Em relação ao Vale do Aço que foi a primeira região que fizemos reunião e faremos também em relação as outras regiões. É importante que se mantenham nessa região em distanciamento e em isolamento social. É dessa forma que vamos conseguir enfrentar a pandemia. Nós já fizemos esclarecimentos em relação ao Minas Consciente. É importante que vocês mantenham a atenção para que nós não tenhamos surpresas ruins. Mantenhamos o índice que estamos mantendo até hoje”, disse Cabral. 

No Vale do Aço, a cidade de Ipatinga, já está com 100% dos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da rede pública, destinados ao tratamento da Covid-19, ocupados. O município tem apenas 25 leitos de UTI credenciados nos dois hospitais que atendem pelo SUS, e, nesta sexta-feira (29), todos eles estão ocupados.

Segundo Cabral, além do Vale do Aço, outras regiões de Minas terão reuniões com a Secretaria de Saúde para tratar do combate a pandemia. O Estado já tem metade das cidades mineiras com casos confirmados de coronavírus e 98 cidades com mortes. 

Diferença de dados

Durante a coletiva, o chefe de gabinete da Secretaria de Estado de Saúde (SES), João Márcio Silva do Pinho, explicou a diferença entre os dados do InfoGripe, portal ligado a Fiocruz, e os dados do Portal da Transparência em relação às doenças respiratórias.

Segundo ele, o Portal da Transparência adota os dados dos cartórios e portanto os números são estáticos. Já no InfoGripe é acompanhada a situação do paciente e a evolução dele, podendo o estado de saúde ser alterado posteriomente. 

Vacinação

Ainda na coletiva, o secretário adjunto disse que a vacinação contra o vírus da Influenza (que provoca a gripe) foi prorrogado até o dia 30 de junho. “É importante que todos se vacinem.  Estamos nos aproximando de temperaturas mais baixas com o inverno, então é importante ter esses cuidados”, enfatizou. 

Kits de testes 

Cabral ressaltou também que a chegada de 160 kits para testes contra o coronavírus não significa que 160 mil pessoas serão testadas, já que os 160 mil kits não contêm somente testes, o número abrange também insumos. 

Ele disse ainda que neste momento o ideal é que sejam feitos os testes somente em pessoas recomendadas pelo Ministério da Saúde como pacientes graves, profissionais da saúde e pessoas privadas de liberdade. Ele lembrou que a escassez de insumo e há dificuldade financeira do Estado. Informações do Jornal O Tempo.

Publicações relacionadas

X