Covid-19: Usiminas divulga ações para garantir a saúde dos empregados

 Covid-19: Usiminas divulga ações para garantir a saúde dos empregados

Em posicionamento oficial comunicado nesta segunda-feira (23), a Usiminas divulgou as ações que têm desempenhado na tentativa de garantir a integridade física de seus colabores, em face da pandemia do novo coronavírus que assola o mundo inteiro. 

Na nota, a companhia garantiu trabalhar com o menor número possível de profissionais, mantendo apenas aqueles que são operadores de máquinas analógicas. Outras ações como o home office para o setor administrativo, grávidas e pessoas de idade avançada foram tomadas.

Confira o comunicado na íntegra:

“A Usiminas informa que vem tomando providências com o objetivo de proteger seus colaboradores e parceiros diante do avanço da Covid19 no Brasil. A empresa está adotando home office para equipes administrativas, além de gestantes, pessoas com doenças crônicas ou acima de 60 anos.

 É importante esclarecer que, devido à natureza da atividade siderúrgica,  alguns equipamentos e/ou setores não podem ser paralisados, sob o risco de comprometer o seu funcionamento futuro, gerando reflexos negativos para toda a sociedade. Dessa maneira, seguem atuando nas plantas apenas as equipes estritamente necessárias para a manutenção das operações.

 Para essas pessoas, a Usiminas tem realizado uma série de ações específicas, como aferição de temperatura na entrada, reforço na limpeza de ambientes e equipamentos, redução do fluxo de pessoas, suspensão da entrada de visitantes, cancelamento de viagens, restrição de reuniões, entre outros.

 Nos refeitórios, entre outras medidas, o serviço foi alterado para marmitex e estão sendo utilizados talheres descartáveis. O número de pessoas dentro dessas instalações foi limitado, de modo a garantir o distanciamento. A Usiminas também está realizando o controle de lotação dos ônibus e liberando parte da equipe a entrar na Usina de bicicleta.

 A companhia ressalta, ainda, que vem atuando em conjunto com a prefeitura de Ipatinga e a Fundação São Francisco Xavier, de forma equilibrada e transparente, buscando identificar os casos suspeitos e aplicar os protocolos adequados, mantendo a população informada sobre todas as ações que vem sendo implementadas. 

 A Usiminas continua estudando diversas alternativas que possam vir a contribuir com os esforços de prevenção e está acompanhando os desdobramentos da situação junto aos órgãos oficiais de saúde. Outras medidas poderão ser tomadas, com foco na saúde das pessoas e continuidade das suas atividades operacionais”.

Publicações relacionadas

X