Explosão no Líbano causa 135 mortes e mais de 5 mil feridos até o momento

 Explosão no Líbano causa 135 mortes e mais de 5 mil feridos até o momento

O saldo de mortes da grande explosão ocorrida em Beirute nesta terça-feira (4) já chegou a 135 pessoas, e há mais de 5.000 feridos, de acordo com a mais recente contagem divulgada pelo Ministério da Saúde do Líbano, nesta quarta (5).

Pela manhã, a Cruz Vermelha do Líbano havia divulgado um balanço com 113 mortos e mais de 4.000 feridos.

“Nossas equipes ainda seguem realizando operações de busca e resgate nas áreas adjacentes [ao local da explosão]”, disse o comunicado da entidade.

O saldo informado na véspera pelas autoridades libanesas dava conta de 78 mortes provocadas pela explosão na região portuária de Beirute. O número deve crescer ainda mais, dada a escala da destruição registrada.

“É como uma zona de guerra. Estou sem palavras”, disse o prefeito da capital libanesa, Jamal Itani, à agência de notícias Reuters. “Esta é uma catástrofe para Beirute e para o Líbano.”

Cerca de 300 mil pessoas ficaram desabrigadas após a explosão. A estimativa é do governador de Beirute, Marwan Abboud. Segundo ele, os danos se estenderam a mais da metade da área da capital libanesa e são estimados em US$ 3 bilhões (quase R$ 16 bilhões).

As buscas também seguem na água, já que a intensidade da explosão lançou muitas vítimas ao mar. De acordo com a Cruz Vermelha, muitos dos mortos eram funcionários do porto e da alfândega de Beirute.

A grande explosão que atingiu na tarde desta terça a capital libanesa, levantou bolas de fogo e colunas de fumaça gigantescas e afetou construções a quilômetros de distância. Com informações do Notícias ao Minuto.

Publicações relacionadas

X