Pneu estourado causou acidente que matou Aleksandro, diz laudo

 Pneu estourado causou acidente que matou Aleksandro, diz laudo

Imagem: Reprodução

Laudo da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PCSP), revelado pelo G1, indica que o acidente envolvendo o sertanejo Aleksandro e mais cinco pessoas foi causado pelo estouro de um pneu do ônibus. O documento foi enviado à Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Registro, também no interior paulista.

A fatalidade envolvendo o ônibus da dupla Conrado e Aleksandro aconteceu na Rodovia Régis Bittencourt, no interior de São Paulo, em 7 de maio. O veículo estava em uma velocidade de 109 km/h, acima do permitido, que era 80 km/h.

No acidente morreram seis pessoas, incluindo o cantor de sertanejo.

“O que ficou pendente é saber se essa velocidade acima do permitido foi determinante para ocorrer o estouro do pneu e ocasionar o resultado final do acidente, então isso é o que temos pendente. Pedirei um laudo complementar para que seja esclarecido isso”, disse o delegado da DIG, Carlos Eduardo Vieira Ceroni.

O laudo esclareceu o momento em que o pneu estourou. “Foi antes do veículo tombar. É um ponto importante que tínhamos dúvida”, garante o delegado.

Segundo Carlos Eduardo Vieira Ceroni, o pedido do laudo complementar deve ficar pronto rapidamente. Assim será possível saber se a velocidade foi o motivo de o pneu ter estourado. Se isso for confirmado, o motorista do ônibus pode ser indiciado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).

Por enquanto, o condutor pode sofrer penas administrativas: multas por dirigir acima da velocidade permitida na rodovia. Conforme o documento, não havia buraco na pista.

 

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

 

Fonte: Metrópoles

Publicações relacionadas

X