“Vou debater com o cara”, diz Bolsonaro sobre estratégia no 1º turno

 “Vou debater com o cara”, diz Bolsonaro sobre estratégia no 1º turno

Imagem: Clauber Cleber Caetano / PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse nesta quarta-feira (27/7) que vai “debater com o cara” durante os debates de primeiro turno nas eleições deste ano. O chefe do Executivo federal, no entanto, evitou citar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu principal adversário e que atualmente aparece à frente em todas as pesquisas eleitorais.

A declaração de Bolsonaro foi feita após ele ser questionado por jornalistas sobre sua participações em debates que antecedem o pleito de outubro. O presidente é pré-candidato à reeleição.

Durante a rápida conversa com a imprensa, Bolsonaro disse que o foco da campanha nos próximos meses será “debater com o cara”. Questionado sobre sua presença em debates caso Lula não compareça nos mesmos, respondeu: “Vou debater com o cara. Fica tranquilo aí”.

No mês passado, Bolsonaro disse que só pretendia participar de debates com os candidatos ao Palácio do Planalto em um eventual segundo turno das eleições. Na ocasião, o presidente sugeriu perguntas “combinadas” para evitar “pancadas”.

Em 2018, quando disputou a cadeira presidencial, Bolsonaro foi duramente criticado por se ausentar de alguns debates com candidatos ao pleito. Durante o período eleitoral, o então candidato foi esfaqueado durante campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Em janeiro deste ano, o chefe do Executivo federal afirmou que compareceria a todos os debates. Na ocasião, ele também ressaltou que a presença nas discussões só seria efetiva se os familiares não fossem citados pelos oponentes.

 

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

 

Fonte: Metrópoles

Publicações relacionadas

X