Lula compara economia de sua antiga gestão ao atual momento

 Lula compara economia de sua antiga gestão ao atual momento

Imagem: Nelson ALMEIDA / AFP

Em entrevista a revista Time, veículo de comunicação americana, Luiz Inácio Lula da Silva foi questionado sobre a comparação da situação financeira de sua antiga gestão e da contemporaneidade. Na conversa, ele promete reavivar uma economia debilitada que assola o país desde a crise de 2014 e que foi intensificada com a pandemia da Covid-19.

Perguntado sobre governar na atual situação econômica, Lula disse que é capaz de fazer melhor do que já fez e que pode resolver os problemas do Brasil. Na fala, ele reforça a presença dos pobres no cenário econômico do país.

“Só tem sentido eu estar candidato à Presidência da república porque eu acredito que eu sou capaz de fazer mais e fazer melhor do que eu já fiz.”, falou.

“Eu tenho clareza de que eu posso resolver os problemas [do Brasil]. Eu tenho a certeza de que esses problemas só serão resolvidos quando os pobres estiverem participando da economia, quando os pobres estiverem participando do orçamento, quando os pobres estiverem trabalhando, quando os pobres estiverem comendo”, completou.

O ex-presidente também comentou sobre a mudança dos planos que tinha quando saiu da presidência em 2010, disse que nunca tinha desistido da política mas que não pensava em ser candidato a presidência do país novamente.

“Quando deixei a Presidência em 2010, efetivamente eu não pensava mais em ser candidato à Presidência da República. Entretanto, o que eu estou vendo, doze anos depois, é que tudo aquilo que foi política para beneficiar o povo pobre— todas as políticas de inclusão social, o que nós fizemos para melhorar a qualidade das universidades, das escolas técnicas, melhorar a qualidade do salário, melhorar a qualidade do emprego—, tudo isso foi destruído, desmontado.”, disse o político.

Hoje, nas redes sociais, devido a repercussão de sua imagem na capa da revista Time, Luiz Inácio Lula da Silva se manifestou nas redes sociais resgatando o que construiu na sua antiga gestão e a participação dos pobres no desenvolvimento no país.

 

 

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

 

Publicações relacionadas

X