Jornalista é DEMITIDO por pedir morte de Bolsonaro

 Jornalista é DEMITIDO por pedir morte de Bolsonaro

O Jornalista J.P Cuenca, que trabalhava em TV Alemã, completamente transtornado sujere a morte por enforcamento de todo clã bolsonaro e ainda ofende membros da igreja Universal.

Em um dos posts do jornalista no Twitter ele diz:

“O brasileiro só será livre quando o último Bolsonaro for enforcado nas tripas do último pastor da igreja Universal.”

Nesta última sexta feira dia 19, a TV Alemã Deutsche Welle (DW) anuncio a demissão do jornalista J.P. Cuenca.


Foto: Reprodução Internet

Após demissão, o jornalista REVOLTADO se irritou ao extremo e em suas redes sociais disse que a decisão da emissora foi “mentiroso, covarde e difamatório”.

Publicações relacionadas

X