50 pessoas são encontradas mortas em caminhão abandonado nos EUA

 50 pessoas são encontradas mortas em caminhão abandonado nos EUA

Imagem: KSAT

Ao menos 50 pessoas foram encontradas mortas nesta segunda (27) dentro e ao redor de um caminhão abandonado na cidade de San Antonio, no estado do Texas, nos EUA. Há suspeita de que as vítimas sejam imigrantes que entraram no país de maneira irregular.

Outras 16 pessoas, incluindo quatro menores de idade, foram encontradas vivas e levadas a hospitais locais. Alguns dos sobreviventes tiveram insolação, segundo o Corpo de Bombeiros. O Departamento de Segurança Interna dos EUA investiga o caso, e policiais fazem buscas pelo motorista do veículo.

Imagem: Kaylee Greenlee / Reuters

A causa das mortes é desconhecida. O chanceler do México, Marcelo Ebrard, chamou o caso de “tragédia” e afirmou que o cônsul mexicano estava indo à região. Ele atualizou o número de mortos e informou que, das 50 vítimas, 22 eram do México, 7 eram da Guatemala, e 2, de Honduras. As demais não foram identificadas.

As nacionalidades são as principais entre as detenções realizadas pela patrulha dos EUA na fronteira sul do país. Durante o último ano fiscal, encerrado em setembro passado, 1,7 milhão de migrantes foram detidos, uma cifra recorde. De lá até maio deste ano, mais de 1,5 milhão de detenções foram relatadas, segundo o Serviço de Alfândegas e Proteção das Fronteiras (CBP, na sigla em inglês).

“A situação dos imigrantes em busca de refúgio é sempre uma crise humanitária”, disse o prefeito de San Antonio, Ron Nirenberg.

“Mas, nesta noite, estamos lidando com uma terrível tragédia humana.”, completou.

San Antonio fica a cerca de 250 km da fronteira com o México e é um importante ponto de trânsito para imigrantes que vão do Texas para outros estados dos EUA. Há uma onda de calor na região, o que deixa os imigrantes mais vulneráveis —nesta segunda, a temperatura máxima registrada foi de 39,4º C.

O caminhão foi deixado perto de uma linha de trem e de um terreno com carros abandonados em uma área remota na zona sul da cidade. Imagens em redes sociais mostram viaturas e ambulâncias ao redor do veículo. A área é conhecida pelos moradores da região como ponto de desembarque para imigrantes, disse ao New York Times a dona de casa Ruby Chavez, 53, que mora perto do local. ​

O caminhão foi descoberto por um funcionário de uma empresa próxima que teria ouvido gritos de socorro, disse o chefe do departamento de polícia de San Antonio, William McManus. Três pessoas foram detidas. O governador do Texas, Greg Abbott, usou o caso para criticar o presidente dos EUA.

“Essas mortes estão na conta de [Joe] Biden. São o resultado de suas políticas mortais de fronteira aberta.”, disse.

 

 

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

 

Fonte: Folha de São Paulo

Publicações relacionadas

X