Menino morre após cair da torre de queda livre em Orlando

 Menino morre após cair da torre de queda livre em Orlando

Imagem: Reprodução

Um garoto de 14 anos morreu no espaço da ICON Park, na área de Orlando, na última semana. Algumas testemunhas se pronunciaram, dizendo que o adolescente caiu do brinquedo Orlando FreeFall, descrita por seus operadores como a torre de queda livre mais alta do mundo.

O menino foi levado ao hospital, onde morreu por causa dos ferimentos. O menino estava seguro no assento do brinquedo, disse um funcionário da empresa que opera a atração à afiliada da CNN Spectrum News 13.

Imagem: Reprodução

“Sim (Ele estava seguro no assento). É o que sabemos neste momento. Então, novamente, operamos o brinquedo com todas as precauções de segurança em mente e tudo está no lugar, e é por isso que estamos fazendo uma investigação”, disse John Stine, diretor de vendas e marketing do Slingshot Group, ao Spectrum News 13.

O Slingshot Group opera o FreeFall, uma torre de 131 metros de altura. A empresa também opera dois outros brinquedos no parque. O FreeFall tem um veículo que leva até 30 passageiros até o topo da torre.

“Uma vez que o veículo de passeio atinge o topo, ele se inclina 30 graus e fica de frente para o chão antes de cair livremente cerca de 121 metros a velocidades que chegam a mais de 120 km/h”, diz o site do ICON Park.

O pai do garoto se pronunciou depois ao WESH 2 e se pronunciou sobre o acidente.

“Eu gostaria de estar lá para dizer a ele que o amo. Que sinto muito. Por ele perder a vida. Tão jovem, e eu gostaria que fosse eu”, disse Yarnell Sampson. “Eu quero saber o que aconteceu com meu filho. Eu quero saber por que meu filho está em um saco branco, tendo que ser enviado de volta para casa. Ele caminhou até lá. Por que ele não pode voltar? Eu quero respostas de todos. Quem todos estavam envolvidos nisso?”

Yarnell Sampson, pai da vítima, disse ao WESH 2 que só descobriu que seu filho havia morrido quando viu o vídeo da queda se espalhando online. O vídeo horrível mostra seu filho escorregando do arnês no passeio de queda livre no ICON Park e caindo no chão.

Imagem: Reprodução/Redes Sociais

A família agora tem uma equipe jurídica que inclui o advogado Ben Crump e pediu que as atividades no parque sejam encerrados permanentemente. Não há nenhuma palavra sobre quaisquer ações imediatas que eles planejam tomar, mas eles disseram em um comunicado na noite passada que lutarão para obter respostas.

 

Para mais notícias clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

 

Fonte: WESH 2

Publicações relacionadas

X