Radiação aumenta em Chernobyl: “Situação alarmante”, alertam os EUA

 Radiação aumenta em Chernobyl: “Situação alarmante”, alertam os EUA

(Reprodução/ Internet)

O serviço nuclear da Ucrânia divulgou um alerta informando que houve aumento de radiação na usina nuclear de Chernobyl causado por distúrbios no solo, sem danos às instalações nucleares.

A usina, palco que um grave acidente em abril de 1986, foi tomada por militares russos na quinta-feira (24), durante o primeiro dia de bombardeios contra a Ucrânia.

Segundo a Casa Branca, sede do governo americano, as tropas russas, além de ocuparem o espaço, estão mantendo trabalhadores da usina como reféns.

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, condenou a ação. “Estamos indignados com relatos confiáveis ​​de que soldados russos estão mantendo funcionários das instalações de Chernobyl como reféns”, frisou.

Ela completou. “Essa tomada de reféns ilegal e perigosa, que poderia prejudicar os esforços rotineiros do serviço civil necessários para manter e proteger as instalações de resíduos nucleares, é obviamente incrivelmente alarmante e muito preocupante”, concluiu.

Fonte: Metrópoles

Publicações relacionadas

X