COVID: Hospital nos EUA nega transplante de coração para paciente que não se vacinou

 COVID: Hospital nos EUA nega transplante de coração para paciente que não se vacinou

(Reprodução/ Internet)

Um hospital dos Estados Unidos, negou um transplante de coração, para um paciente que se recusa a tomar a vacina contra a Covid. O Brigham and Women ‘s Hospital, localizado em Boston, tirou o paciente DJ Ferguson da lista de urgência para transplantes.

O hospital afirma que está apenas seguindo suas normas, as quais delegam que apenas pacientes com grandes chances de sobrevivência após o procedimento recebem os órgãos doados, e que sem o imunizante contra a Covid, as chances de sobrevivência do interno são baixas.

“Dada a escassez de órgãos disponíveis, fazemos tudo o que podemos para garantir que um paciente que recebe um órgão transplantado tenha a maior chance de sobrevivência”, disse o Brigham and Women ‘s Hospital disse à BBC em um comunicado.

 

O Hospital ainda acrescenta que a maioria das 100 mil pessoas na lista de espera por um transplante, não receberam, por escassez de órgãos.

Foto do paciente em uma cama de hospital — Foto: CBS via BBC

O pai de DJ, David, diz que tomar a vacina vai contra os “princípios básicos de seu filho, ele não acredita nela (vacina)”.

Pai de dois filhos, com um terceiro a caminho, Ferguson continua internado no hospital, pois sua família acredita que ele esteja fraco demais para ser transferido para outro hospital.

Vale ressaltar que apenas um pouco mais de 63% da população estadunidense se vacinou, e apenas cerca de 40% tomaram a terceira dose de reforço.

Publicações relacionadas

X