Bomba: Barcelona anuncia que não conseguirá renovar com Messi

 Bomba: Barcelona anuncia que não conseguirá renovar com Messi

Nesta quinta-feira (5/8), o clube publicou um comunicado afirmando que, apesar dos esforços, clube e jogador não fecharam um acordo

A novela da renovação entre Lionel Messi e Barcelona chegou ao fim, para a tristeza da torcida culé. Nesta quinta-feira (5/8), o clube publicou um comunicado afirmando que, apesar dos esforços, clube e jogador não conseguiram chegar a um acordo por conta de obstáculos financeiros e estruturais ligados à La Liga.

O clube ainda faz questão de ressaltar que as duas partes lamentam o desfecho da negociação, por não conseguir atender os desejos do time e do jogador, e completa dizendo que Messi seguirá ligado ao clube.

Mais cedo, o jornal espanhol “Marca” adiantou que renovar o contrato do craque argentino afetaria diretamente as pretensões do clube catalão em prosseguir com o projeto da Superliga Europeia.

De acordo com a publicação, para conseguir dar prosseguimento ao processo de renovação, o Barcelona precisaria aceitar os 270 milhões de euros vindos da parceria da La Liga com um fundo de investimento norte-americano.

Aceitar a quantia faria com que o Barça conseguisse costurar um acordo com o jogador respeitando as regras delimitadas pelo fair play financeiro. No entanto, concordar em receber essa quantia deixaria o time “preso” ao fundo de investimento por 40 anos (tempo em que o valor seria parcelado), eliminando a possibilidade de prosseguir com o projeto da Superliga Europeia, a qual o Barcelona ainda faz parte.

Em resumo, ou o Barcelona optava por renovar com Lionel Messi ou dava continuidade a Superliga, junto a clubes como Juventus e Real Madrid.

Nesta quinta, o presidente do clube, Joan Laporta, estaria se reunindo com o pai e empresário do jogador, Jorge Messi para acertar os últimos detalhes da renovação. Segundo o “Marca”, o próprio Laporta já teria confirmado a dificuldade na renovação por conta desses fatores.

A proposta de renovação se estenderia até 2026, com a opção de encerramento do vínculo em 2023. A cláusula rescisória do contrato girava em torno de 350 milhões de euros. Messi também teria acordado em diminuir seu salário em 50%.

Fonte: Metrópoles

Publicações relacionadas

X