FIFA estuda mudança de regras para retorno do futebol

 FIFA estuda mudança de regras para retorno do futebol

Assim como os torcedores, a FIFA também parece estar ansiosa para o retorno do futebol após a paralisação por causa da pandemia de Coronavírus. Segundo o site Sky Sports, a organização está planejando alterar a regra de substituição para quando os campeonatos voltassem.

A FIFA propôs que as equipes realizem até cinco substituições por partida para ajudar os jogadores a lidar com a volta ao futebol. A proposta faz parte das demandas que provavelmente serão impostas aos jogadores quando os campeonatos retornarem. 

Diante disso, e diante do desafio único enfrentado globalmente na entrega de competições de acordo com o calendário originalmente previsto, a FIFA propõe que um número maior de substituições seja temporariamente permitido, a critério do organizador da competição”, divulgou a FIFA.

Nas competições em que menos de cinco substituições são permitidas atualmente, cada equipe terá agora a possibilidade de usar até cinco substituições durante a partida, com a possibilidade de uma substituição adicional permanecer durante o prolongamento, quando relevante”, disseram.

Juntamente com o Conselho Internacional da Associação de Futebol (IFAB), órgão que regulamenta as regras do futebol, a FIFA está buscando a proteção do bem-estar do jogador, fazendo disso prioridade.

Quando as competições recomeçarem, é provável que essas competições enfrentem um calendário de partidas congestionado com uma frequência de partidas acima do normal, disputada em semanas consecutivas”, disse um porta-voz da FIFA.

A segurança dos jogadores é uma das principais prioridades da FIFA. Uma preocupação a esse respeito é que a frequência de partidas acima do normal possa aumentar o risco de possíveis lesões devido a uma sobrecarga de jogadores resultante”, continuou.

Caso a proposta seja aprovada, a regra também irá valer para a temporada 2020-21, além das partidas das seleções nacionais que irão ocorrer até o final do próximo ano, tal como a Eurocopa, que foi adiada para 2021.

Fonte: Sportbuzz

Tá procurando informação? Dá um MAISVIP que acha!

Publicações relacionadas

X