Trecho censurado e lado de ex-empresário: Cabrini escancara caso Luva

 Trecho censurado e lado de ex-empresário: Cabrini escancara caso Luva

Imagem: Reprodução / Record

Semanas depois de o caso Luva de Pedreiro explodir nas redes sociais, Allan Jesus, ex-empresário do influenciador, quebrou o silêncio em entrevista para Roberto Cabrini. O programa Câmera Record também exibiu os trechos censurados pela Justiça, após queda da liminar dada a Allan.

Trechos censurados e acusações de Iran Santana Alves

Programados para serem exibidos na semana passada, os trechos censurados da entrevista com Luva de Pedreiro revelam sérias acusações do influenciador. Além de acusar Allan de forçá-lo a assinar o contrato, mesmo sem saber ler, Iran também afirma que o ex-empresário usou de sua ingenuidade. “Quando painho falava que era pra chamar um advogado (para a leitura do contrato), ele falava que não ia ficar mais comigo. Eu não tinha nada na época e eu confiei nele, que disse que ia mudar minha vida. Assinei lá sem saber nada que eu tava assinando”, afirmou Luva de Pedreiro.

O influenciador também afirmou que não sabe ler e que consegue apenas assinar o próprio nome. Perguntado por Cabrini se acreditava que Allan Jesus havia tirado proveito de seu sucesso, Iran Santana Alves afirmou que sim: “Rapaz, tiraram (proveito). Eu confiei muito, eu botei muita fé nele (ex-empresário)”.

Iran também escancarou a falta de acesso ao dinheiro e o fato de sua casa não ter sido reformada: “(Para) falar a verdade, a minha casa do mesmo jeito, não me ajudou em nada. Não ganhei nada, nenhum dinheiro. Caí na armadilha, fui enganado”.

O influenciador também se mostrou disposto a encarar uma batalha judicial para recuperar todo o dinheiro obtido com campanhas publicitárias enquanto estava ao lado de Allan Jesus: “Rapaz, o que é meu eu quero, não vou mentir, eu suei pra ter. Se for pra lutar, “nós” luta. Eu tenho direito”.

O jovem também confirma a matéria dada em primeira mão pela coluna LeoDias do cachê que foi pago pelo apresentador Luciano Huck para a participação no programa dominical da TV Globo, além de afirmar não possuía a senha das contas bancárias criadas por Allan Jesus: “Ele que fez (as contas bancárias), né. Eu não sabia nem a senha das contas. Tinha um dinheiro lá. Me disseram que deram um presente de 10 mil reais (cachê de Luciano Huck), ele pegou 5 mil”.

Allan Jesus se defende e acusa novos empresários 

O programa da Record TV também entrevistou Allan Jesus após um longo período sem manifestações. Entre áudios e acusações aos novos empresários de Iran Santana Alves, o ex-empresário de Luva de Pedreiro, Allan Jesus se defendeu de acusações feitas pelo ex-agenciado.

O empresário negou que tenha roubado Luva de Pedreiro e que uma auditoria iria rechaçar quaisquer alegações de roubo. Segundo a auditoria contratada pelo ex-empresário, Luva de Pedreiro e o ex-empresário teriam mais de 420 mil dólares, equivalente a R$ 2,2 milhões, a receber em contratos de publicidade fechados nos últimos meses.

“Nunca roubei um real dele, a gente criou esse projeto junto com ele para que a gente fizesse muito sucesso. A gente está junto há 4 meses, eu jamais colocaria 15 anos (de carreira) em risco por conta de 4 meses de trabalho”, disse.

Allan Jesus alegou que o motivo de Iran Santana Alves ainda não ter tido acesso a grande parte dos ganhos em contratos de publicidade se dá por ainda não ter recebido nenhum dos valores e que se passará a receber a partir do mês de julho.

O ex-empresário também alegou que a casa de Iran Alves na Bahia se tratava apenas de um cenário de gravações e que o influenciador morava, na realidade, no Rio de Janeiro: “O Iran morava no Rio de Janeiro, a sua residência na Bahia a gente usava apenas de cenário para gravação naquela narrativa da humildade, da fé, da escassez”.

Apesar das fortes acusações e da briga pública, Allan Jesus afirmou que acredita que Iran está sendo manipulado pelos novos empresários, Falcão e Marcelo Seiroz. No entanto, ao assistir os trechos da entrevista do influenciador com Roberto Cabrini, Allan usou fortes palavras contra Luva de Pedreiro: “Como alguém pode estar deprimido se acabou de voltar de uma viagem internacional? Agora, no meio do mês, eu conheci as irmãs dele em São Paulo, eu tenho foto, vídeo da gente feliz, comemorando”.

 

 

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

 

Fonte: Metrópoles

Publicações relacionadas

X