Mendigo de Planaltina processa Deolane; “Não retiro uma palavra”

 Mendigo de Planaltina processa Deolane; “Não retiro uma palavra”

Imagem: Montagem/Reprodução/Instagram

Depois de tornar pública a sua frustração ao ver Givaldo Alves, sem-teto que se envolveu em uma polêmica com um personal trainer de Brasília e sua esposa, ganhando fama nas redes sociais, Deolane Bezerra está sendo processada por calúnia por ele.

Na última segunda-feira (7), Deolane usou seu perfil oficial no Instagram para criticar a fama que Givaldo vem recebendo da mídia. A advogada chegou a dizer que o morador de rua não é um “admirador das mulheres” e sim um aproveitador. Logo depois, usou o Twitter para reforçar sua fala.

“É um direito dele e de todos os cidadãos do Brasil. A Justiça está aí justamente para isso, mas estou tranquila e não retiro uma palavra do que disse antes. Minha luta sempre será em defesa das mulheres”, disse Deolane na conversa que teve com o Metrópoles.

A advogada afirmou que, até o momento, não foi autuada pela Justiça e portanto terá de aguardar para se manifestar de forma legal sobre o caso. Segundo documento publicado pela jornalista Fabíola Reipert, da Record TV, em seu Instagram, Givaldo acusa Deolane Bezerra de calúnia.

Ele viralizou no país depois de ter sido agredido por um personal trainer do Distrito Federal. A agressão veio à tona depois que o professor físico flagrou sua esposa fazendo sexo dentro de um carro com o mendigo, que hoje já possui mais de 300 mil seguidores no Instagram e vem, inclusive, fazendo trabalhos como criador de conteúdo digital.

Veja mais: Sem-teto que ficou famoso após agressão era empresário de transportadora.

 

Para mais notícias clique aqui e também nos siga nas redes sociais @maisvipoficial

Fonte: Metrópoles

Publicações relacionadas

X