‘Top Gun: Maverick’: Tom Cruise não quer filme em plataformas de streaming; entenda

 ‘Top Gun: Maverick’: Tom Cruise não quer filme em plataformas de streaming; entenda

Tom Cruise no tapete vermelho do Festival de Cannes 2022. reprodução redes sociais

Um dos filmes mais aguardados do ano, “Top Gun: Maverick” ganhará as telonas da Moviecom neste sábado (21). Estrelado por Tom Cruise, a sequência de “Top Gun” chega após 36 anos e já tem conquistado a aprovação de críticos e cineastas.

Com a presença de Cruise e parte do elenco e produção, o longa foi exibido nesta quarta-feira (18) no “Festival de Cannes 2022” e arrancou aplausos que duraram cerca de 5 minutos.

Além dos comentários sobre o filme em si, uma fala de Tom Cruise no festival ganhou repercursão; de acordo com o portal norte americano Variety, durante a estreia, o ator afirmou que jamais permitiria que a produção fosse lançada nos streamings.

“Isso não vai acontecer. Nunca”, disse o artista durante o evento, em uma palestra sobre o seu trabalho. “Passei muito tempo com donos de cinemas. As pessoas que servem a pipoca, que fazem isso [acontecer]”, explicou.

“Faço filmes para a tela grande”, disse Cruise.

Ele também afirmou ter conversado com os donos de cinemas sobre o período da pandemia. Por favor, eu sei o que vocês estão passando. Apenas saibam que vamos fazer ‘Missão: Impossível’ e ‘Top Gun’ estrear,” contou.

A continuação do clássico de 1980 sobre pilotos causou uma grande comoção entre a crítica internacional e conquistou nada menos que 97% de aprovação no Rotten Tomatoes, com altíssima nota 8.30/10 baseada em 111 postagens. A ótima recepção por parte dos especialistas também permitiu que o filme se tornasse o mais bem avaliado da carreira de Tom Cruise.

Confira a sinopse do filme

Pete “Maverick” Mitchell (Tom Cruise) é um piloto à moda antiga da Marinha que coleciona muitas condecorações, medalhas e grande reconhecimento pela quantidade de aviões inimigos abatidos nos últimos 30 anos. Apesar de tanto prestígio, sua carreira não decolou e ele deixou de ser um capitão e tornou-se um instrutor. Apesar de todo o tempo que passou, ele continua sendo o mesmo piloto rebelde de sempre, que não hesita em romper os limites e desafiar a morte. 34 anos após o clássico “Top Gun: Ases Indomáveis”, Maverick precisará provar que o fator humano ainda é fundamental no mundo contemporâneo das guerras tecnológicas nesta nova aventura.

Para mais notícias clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

Publicações relacionadas

X