Bradesco é condenado a indenizar cliente em R$ 3 mil por sujar seu nome

 Bradesco é condenado a indenizar cliente em R$ 3 mil por sujar seu nome

Bradesco foi condenado a indenizar cliente por sujar seu nome na Paraíba (Wikimedia Commons)

“A indevida inscrição do nome da parte autora em cadastros restritivos de crédito acarreta dano moral indenizável”, disse o relator do processo na decisão

Publicações relacionadas

X