Minas tem ainda 14 pontos de interdição total em rodovias que cortam o Estado; veja quais

 Minas tem ainda 14 pontos de interdição total em rodovias que cortam o Estado; veja quais

(Reprodução/ redes sociais)

Após as chuvas que caíram na primeira quinzena do mês causar diversos estragos em Minas Gerais, as estradas que cortam o Estado ainda sofrem impactos da destruição. Segundo levantamento feito pela reportagem de O Tempo com base em dados divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar Rodoviária (PMRv), são pelo menos 14 pontos de interdição total pelas rodovias que cortam Minas.

Os motivos das interdições são todas ligadas às chuvas, como rachaduras, deslizamento de encostas, rompimento de bueiro e afundamento da pista.  Há ainda pelo menos 63 pontos de interdições parciais pelo Estado.

A imagem que causou espanto nos últimos dias foi na BR-381, na altura do km 321, em Nova Era, quando o asfalto “estufou” no local e desde então ninguém passa por lá. Na semana passada, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (DNIT) começou as obras emergenciais no local, o que deve durar até meados de fevereiro.

Veja mais: VÍDEO: DNIT diz que as obras do desvio na BR-381, em Nova Era, começam esta semana

Veja abaixo os pontos de interdição total em rodovias mineiras de acordo com a PRF e com a PMRv:

– LMG 638 / km14 (Sagarana) – rompimento de bueiro devido ao aumento do fluxo de agua
– MGC 354 / km153 (Presidente Olegário) – pista com rachaduras, risco de ceder
– LMG 503 / km24 (Uberlândia) – queda de barreira
– MG158 / km21 (Passa Quatro) metade da pista cedeu (sentido crescente da via) e a outra metade (sentido decrescente) com bastante rachaduras
– MG170 / km24,8 (Lagoa da Prata) por medida de segurança, ponte sobre o rio jacaré interditada.
– MGC 367 / km564 (Mendanha) estrutura da ponte apresenta alteração em um dos pilares, inclinando o piso da ponte proximo a estrutura de sustentação. Interdição para tráfego de todos os veiculos.
– BR262 / km96 (Abre Campo) movimentação de terra e afundamento da pista
– MG262 / km47 (Furquim) – erosão do solo
– BR381 / km321 (Nova Era) – afundamento da pista
– MGC262 / km242 (Barão de Cocais) – risco de deslizamento.
– MG123 / km51 (Alvinópolis) queda de pista.
–  MGC 383 / km5 (Alto Maranhão/Congonhas) queda de barreira
– MGC383 / km4 (Alto Maranhão/Congonhas) queda de barreira
– AMG3225 / km28 (Pai Pedro) – desmoronamento da ponte que da acesso a Catuti.

Publicações relacionadas

X