Barragem em Minas Gerais pode se romper a qualquer momento, alerta Defesa Civil

 Barragem em Minas Gerais pode se romper a qualquer momento, alerta Defesa Civil

Barragem em Pará de Minas está com nível de água acima do normal. Foto: Divulgação prefeitura Pará de Minas

Alerta foi feito na noite deste domingo (9) para os moradores de Pará de Minas, Pitangui, Onça de Pitangui, São João de Cima, Casquilho de Baixo, Casquilho de Cima e Conceição do Pará

 

Moradores da região sudoeste do estado de Minas Gerais receberam um alerta na noite deste domingo (9) para que deixem suas casas devido ao alto risco de rompimento de uma barragem na Usina do Carioca.

O alerta foi feito nas redes sociais pela prefeitura de Pará de Minas perto das 20h.

A mensagem diz que a evacuação deve ser feita por todas as famílias que se encontrem abaixo da usina, tanto na própria cidade quanto nos municípios vizinhos: Pitangui, Onça de Pitangui, São João de Cima, Casquilho de Baixo, Casquilho de Cima e Conceição do Pará.

De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros mineiro, Pedro Aihara, a situação está sendo monitorada a todo instante, com equipes realizando a retirada de pessoas da região.

Em entrevista à CNN nesta segunda (10), ele explicou que essa barragem represa água para o funcionamento de uma usina hidrelétrica.

“Em decorrência das fortes chuvas que aconteceram na região do município de Pará de Minas ontem, houve um aumento no fluxo de água dessa região. Como o aumento foi muito expressivo, a gente tem água vertendo tanto por cima quanto pelos lados da barragem”, informou.

O tenente comentou que as comportas da barragem já foram abertas. Porém, o fluxo de água está tão intenso que, mesmo assim, foi necessário o alerta de evacuação preventiva e emergencial das comunidades que vivem na região.

O tenente ainda prevê que a região central de Minas Gerais tenha bastante intensidade de chuvas até terça-feira (11). “Os resquícios de pancadas [podem ir] até sexta-feira, então nossos efetivos estão reforçados”, disse.

 

 

 

fonte: CNN Brasil

Publicações relacionadas

X