Carnaval ainda é uma interrogação, afirma governador Romeu Zema

 Carnaval ainda é uma interrogação, afirma governador Romeu Zema

(Reprodução/Cristiano Machado/ Agência Minas)

Governador disse que ainda é preciso cuidado e que a pandemia ainda não acabou

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), afirmou nesta quarta-feira (24) que o Carnaval ainda é uma incógnita no Estado. Em entrevista exclusiva concedida ao Itatiaia Agora, Zema afirmou que a quarta onda de covid-19 é uma preocupação e que todo cuidado é pouco.

“É uma preocupação muito grande, a guerra contra o vírus não acabou, mas nós temos acompanhado dia a dia o número de casos, internações e óbito, e há mais de cinco meses nós temos tido uma queda constante. Podemos dizer que nesse momento a situação está controlada. Todo cuidado é bom, por isso que não abolimos o uso da máscara ainda e o Carnaval é uma interrogação. Se os número começarem a piorar, será que é conveniente fazer grandes aglomerações? Cuidado e precaução nunca fez mal a ninguém”, afirmou.

Zema também disse que caso haja uma nova onda da doença, Minas está preparado para atender à população. “Se amanhã o número de casos dobrar, triplicar ou quadruplicar, nós temos uma estrutura hospitalar que está pronta para atender as pessoas.”

Quarta onda

A fala do governador vem após a diretora-geral adjunta de acesso a medicamentos e produtos farmacêuticos da Organização Mundial da Saúde (OMS), a médica brasileira Mariângela Simão, dizer que o mundo está entrando em uma quarta onda da pandemia de covid-19.

A médica não fez previsões específicas para o Brasil, que tem assistido nas últimas semanas uma queda de internações e mortes, além de ver avanço significativo na vacinação. Comentou, porém, que a realização do Carnaval pode ser “extremamente propícia para o aumento da transmissão comunitária” no país.

O aumento de casos tem afetado principalmente países da Europa, que retomaram novas medidas de restrição para conter o vírus. Em alguns lugares se fala até em vacinação obrigatória, já que a taxa de imunização está baixa.

Fonte: Itatiaia

Publicações relacionadas

X