Secretário de Saúde de BH diz que carnaval 2022 é “possível”

 Secretário de Saúde de BH diz que carnaval 2022 é “possível”

Antes da pandemia se agravar no mundo, carnaval em 2020 reuniu uma multidão em várias partes de BH (Alexandre Guzanshe/EM/D.A press)

Capital mineira não tem nenhum dos três indicadores da COVID-19 na faixa crítica da escala de risco

”É possível que sim, pode ser que aconteça”, disse o secretário de Saúde de Belo Horizonte, Jackson Machado Pinto, sobre a possibilidade da realização do carnaval 2022,  durante coletiva de imprensa na Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), na tarde desta quinta-feira (1/7).

Participaram ainda da coletiva os secretários de Planejamento, Orçamento e Gestão, André Reis; e de Política Urbana, Maria Caldas. O presidente da Belotur, Gilberto Castro, também integrou a mesa.

A capital mineira não tem nenhum dos três indicadores da virose na faixa crítica da escala de risco. As ocupações dos leitos de UTI e de enfermaria estão dentro do patamar intermediário e a transmissão do novo coronavírus no nível controlado.

A ocupação dos leitos de UTI para pacientes com COVID-19 está em 65,1%. A taxa de uso das enfermarias para pacientes com a virose recuou para 49,1%. O Rt, que mede o índice de contaminação, está em 0,89%.

Além disso, 53,7% do público-alvo foi vacinado com a 1ª dose e 20,8% com a segunda dose.

Festa junina 

Gilberto Castro afirmou que pode ser possível fazer uma festa junina com os protocolos vigentes para tal.

“A dança de quadrilha infelizmente vamos ter que deixar pra frente. Um bom show de forró talvez já seja possível com todo mundo sentado. Não vamos ter nenhuma ação presencial no que diz respeito ao arraiá de BH”, disse.

PBH vai divulgar programação, mas a grande parte ocorrerá de forma on-line.

Fonte: Estado de Minas

Publicações relacionadas

X