Morre menina imprensada por carro alegórico no Rio

 Morre menina imprensada por carro alegórico no Rio

Imagem: Reprodução / TV Globo

Morreu no início da tarde desta sexta-feira (22), no Rio de Janeiro, a menina atropelada pelo carro abre-alas da Em Cima da Hora. Raquel Antunes da Silva, de 11 anos, foi imprensada por um poste e a alegoria da escola e chegou a perder a perna direita durante uma cirurgia complexa.

Raquel estava internada em estado gravíssimo no Hospital Souza Aguiar, no Centro da cidade, e, segundo funcionários da unidade, teve uma hemorragia interna.

Uma funcionária disse que a tia da menina ligou para a mãe de Raquel para informar sobre a morte.

Durante a cirurgia, que durou mais de 6 horas, Raquel sofreu uma parada cardiorrespiratória. Ela também teve traumatismo no tórax e respirava por aparelhos.

Imagem: Gustavo Wanderley / G1

Determinação da Justiça

Após o acidente, a Justiça determinou que as escolas de samba façam escolta dos carros alegóricos até os barracões. A decisão do juiz Sandro Pitthan Espíndola, da 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, acolheu o pedido do Ministério Público estadual.

De acordo com a ordem, todas as escolas de samba do Grupo de Acesso, Especial e Mirins terão que fazer a escolta de seus carros alegóricos até os seus barracões, evitando-se o acesso de crianças e adolescentes aos veículos.

O juiz determinou ainda que a Polícia Militar coloque viaturas nas ruas Frei Caneca com Senhor do Matosinhos, Aníbal Benévolo, Laura de Araújo, Visconde de Pirassununga e Correia Vasques. E que a Guarda Municipal do Rio de Janeiro disponibilize ao menos dois guardas para circulação a pé, em cada um dos setores indicados.

De acordo com a decisão, membros do Conselho Tutelar do Centro e agentes da Secretaria Municipal de Assistência Social de plantão no Carnaval (técnicos, educadores e orientadores) deverão abordar os familiares das crianças e adolescentes que se encontrem no entorno do Sambódromo, orientando-os sobre seus deveres e responsabilidades com relação aos riscos para seus filhos no local de dispersão.

 

 

Para mais notícias clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

 

Fonte: G1

Publicações relacionadas

X