Sem-teto espancado pede desculpas por expor intimidade de mulher

 Sem-teto espancado pede desculpas por expor intimidade de mulher

Foto: Reprodução Youtube

Sem-teto espancado pede desculpas por expor intimidade de mulher

O morador de rua que foi flagrado dentro de um carro tento relações sexuais com a esposa de personal trainer em Planaltina, Distrito Federal, pediu desculpas após ter detalhado tudo que fez com a mulher em entrevistas para grandes emissoras e sites de todo Brasil.

O pedido de perdão veio em um novo bate-papo divulgado no canal do YouTube de Ricardo Caiafa na última segunda-feira (28).

Segundo Givaldo Alves, 48 anos, ele foi infeliz ao descrever as cenas da relação sexual com a mulher, cujo laudo médico comprovou problemas psiquiátricos.

“Esta infelicidade que eu tive ao descrever os fatos sem mudar nada foi uma coisa muito feia. Me sinto envergonhado e gostaria de pedir desculpas, primeiramente, a ela, às meninas da minha família, minha mãe e, depois, a todas vocês”, disse ele.

Durante a entrevista, o sem-teto também afirmou que não costuma expor suas relações sexuais nem para amigos. “Quem me conhece sabe que eu não descrevo isso.”

“Eu fui infeliz mesmo ao relatar um fato que eu poderia ter ponderado. Eu não soube conciliar as coisas do jeito correto. Se puder me perdoar, principalmente, ela e todos que me julgam”, falou Givaldo.

Veja mais: Sem-teto que ficou famoso após agressão era empresário de transportadora

Segundo o jornal carioca O Globo, a mulher passava por uma fase maníaca psicótica do transtorno bipolar quando foi flagrada pelo marido tendo relações sexuais com Givaldo. O relatório médico relata que ela apresenta “alucinações auditivas”, “delírios grandiosos e de temática religiosa”, alteração de humor e “comportamentos desorganizados e por vezes inadequados”. Ela está internada em um hospital psiquiátrico desde o dia do flagrante.

A defesa do casal alega que o caso afetou toda a família e uma nota de esclarecimento assinada por Alves afirmou que, além de sofrer a violência sexual, ela sofreu outra violência ao ser acusada de traição em rede nacional. As investigações devem esclarecer se houve ou não violência sexual. O caso está sendo oficialmente investigado como “legítima defesa de terceiros”.

 

 

Para mais notícias como “Sem-teto espancado pede desculpas por expor intimidade de mulher”, clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

Fonte: Uol e O Globo

Publicações relacionadas

X