Trecho obsceno de entrevista com sem teto vaza e Band pede desculpas

 Trecho obsceno de entrevista com sem teto vaza e Band pede desculpas

Reprodução/ Band

A TV Bandeirantes emitiu uma nota oficial repudiando o vazamento de um trecho da entrevista com Givaldo Alves, morador de rua que teve relações sexuais com a esposa do personal trainer que o agrediu. Segundo a emissora, o corte vazou de seu sistema interno, de forma ilegal e mal intencionada. Também foi aberta uma investigação interna para averiguar o caso. No trecho vazado, o morador de rua fala ao jornalista sobre obscenidades que teria dito à mulher.

A emissora afirmou que a entrevista não foi ao ar: “Sobre o vídeo que circula na internet de uma entrevista do morador de rua que foi espancado por um personal trainer que o acusa de ter abusado sexualmente de sua esposa, a Band esclarece que essa entrevista não foi ao ar. Trata-se de um trecho de uma gravação que vazou do sistema interno da emissora de maneira ilegal e mal intencionada.”

Veja mais: Morador de rua diz que mulher o convidou para ‘brincar’; em novos áudios ela contou toda a história

Leia a nota da TV Bandeirantes na íntegra:

“Sobre o video que circula na internet de uma entrevista do morador de rua que foi espancado por um personal trainer que o acusa de ter abusado sexualmente de sua esposa, a Band esclarece que essa entrevista não foi ao ar.

Trata-se de um trecho de uma gravação que vazou do sistema interno da emissora de maneira ilegal e mal intencionada. Foi aberto um processo de investigação a fim de descobrir o responsável, que será devidamente punido.

A Band repudia o compartilhamento do vídeo.”

 

Para mais notícias clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

fonte: metropoles

Publicações relacionadas

X