Veja quem são os 13 empresários convidados para o encontro de Bolsonaro com Musk

 Veja quem são os 13 empresários convidados para o encontro de Bolsonaro com Musk

imagem reprodução

André Esteves, da BTG Pactual, Flávio Rocha, da Riachuelo, e Rubens Ometto, da Cosan, são alguns dos empresários brasileiros convidados para o encontro do presidente Jair Bolsonaro (PL) e do bilionário Elon Musk, dono da Tesla e SpaceX.

Fabio Faria, ministro das Comunicações, escreveu nas redes sociais que Musk chegou ao Brasil a convite dele para tratar com o governo sobre conectividade na Amazônia.
Musk deve falar 30 minutos sobre como ferramentas tecnológicas podem ajudar na preservação da Amazônia e na educação.

A pauta é a regulação na Amazônia e conectividade das escolas, que já foi tema de encontros anteriores entre Musk e o governo brasileiro.

Além dos nomes citados a seguir, de acordo com o colunitsa Lauro Jardim, o empresário Luciano Hang, da Havan, também compareceu ao encontro “de surpresa”.

Confira a lista de empresários convidados, que foi antecipada pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo

1. André Esteves – BTG Pactual

O banqueiro, que foi um dos executivos mais próximos do Planalto durante gestões petistas e chegou a ficar preso por um mês em 2015 no âmbito da Lava Jato, voltou ao comando do conselho do banco de investimentos BTG Pactual, banco fundado pelo atual ministro da Economia, Paulo Guedes.

Imagem: Reprodução

2. Alberto Leite – FS

O presidente-executivo da empresa de segurança e tecnologia FS Security construiu sua carreira no setor de telecomunicações brasileiro.

Imagem: Reprodução

3. Ricardo Faria – Granja Faria

O presidente do conselho da Granja Faria é próximo do ministro da Economia Paulo Guedes. Em 2018, diante das dúvidas da união de Guedes e Bolsonaro, afirmou à Reuters que estava convencido da ideia pelo fato de o economista demonstrar tranquilidade quanto ao alinhamento recente de Bolsonaro às ideias do livre mercado.

Imagem: Exame/Leandro Fonseca

4. Zeco Auriemo – Grupo JHSF

Presidente-executivo da companhia de shoppings e do setor imobiliário JHSF até 2014, naquele ano saiu do cargo para exercer somente a presidência do conselho de administração da empresa.

Imagem: Reprodução

5. Flávio Rocha – Riachuelo

O dono da Riachuelo tentou ser presidente em 1994, quando saiu da corrida antes do pleito, e em 2018 foi cotado como vice de Bolsonaro. O empresário é conhecido pelas posições conservadoras campo dos costumes.

Imagem: Reprodução

6. Carlos Sanchez – EMS

O dono da farmacêutica focada em genéricos EMS tem uma fortuna de US$ 1,4 bilhão, segundo a Forbes. Em 2021, durante tentativa de reaproximação de Bolsonaro com o mercado, participou de encontro do presidente com empresários.

Imagem: Divulgação

7. Rubens Ometto – Cosan

É presidente do conselho de administração da empresa de energia logística Cosan. Estão no guarda-chuva da companhia empresas como Raízen, Moove e Rumo.

Rubens Ometto: 'Se tudo parar, nem álcool em gel será produzido' | VEJA
Imagem: Reprodução

8. Rubens Menin – MRV e banco Inter

Presidente da MRV engenharia, do Banco Inter –que abriu seu capital em 2018– e da CNN Brasil. Foi eleito pela Forbes como o 28º homem mais rico do Brasil em 2022, com patrimônio líquido avaliado em US$ 1,2 bilhão (R$ 5,9 bilhões). Lidera os negócios junto com a família, uma das mais ricas e influentes do país.

Rubens Menin
Foto: Divulgação/MRV

9. Carlos Fonseca – Galápagos

Fundador da Galapagos Capital, companhia de investimentos criada em 2019, com sede em São Paulo.

Na Galapagos Capital, um ex-BTG e C6 Bank quer destravar o crédito para startups - NeoFeed
Imagem: Reprodução NeoFeed

10. Rodrigo Abreu – Oi

O presidente-executivo da Oi, cujas redes móveis estão sendo vendidas para concorrentes após declaração de falência, foi reeleito para o cargo pelo conselho da empresa, em janeiro deste ano. Ele deve ocupar a presidência por mais dois anos.

Rodrigo Abreu: A vitória deste ano foi reconquistar a confiança dos investidores – Mercado – Estadão E-Investidor – As principais notícias do mercado financeiro
Imagem: Reprodução

11. José Félix – Claro

Félix é presidente da Claro Brasil desde julho de 2015. Antes disso, já havia ocupado cargos de liderança da Net durante mais de 12 anos.

Imagem: Saulo Cruz / Themapress

12. Pietro Labriola – TIM

Após passar pela presidência da companhia no Brasil, Labriola tornou-se CEO da Telecom Italia em janeiro deste ano.

Mercado Digital, por Patricia Knebel - CEO da TIM Brasil, Labriola agora será general manager do Grupo Telecom Italia
Imagem: TIM/DIVULGAÇÃO/JC

13. Alberto Griselli – TIM Brasil

Griselli foi alçado à presidência da Tim no Brasil após a saída de Labriola do cargo. (Folhapress)

Alberto Griselli é nomeado CEO da TIM | TELETIME News
Imagem: Reprodução

Para mais notícias clique aqui. Nos siga nas redes sociais! @maisvipoficial

 

Com informações de O Tempo e Lauro Jardim

Publicações relacionadas

X