Hospital Bom Samaritano conquista a Acreditação Plena, título considerado o “ISO da Saúde”

 Hospital Bom Samaritano conquista a Acreditação Plena, título considerado o “ISO da Saúde”

Complexo Hospital Bom Samaritano (Leonardo Morais)

Com a Acreditação o HBS entra para o grupo de 88 hospitais brasileiros que adotam protocolos internacionais de segurança

O Hospital Bom Samaritano (HBS), mantido pela Beneficência Social Bom Samaritano (BSBS), conquistou, pela terceira vez, a Acreditação Hospitalar – desta vez em Nível Pleno. O título é considerado o “ISO da Saúde” e, dos mais de 6.000 hospitais em todo território nacional, apenas 88 possuem a certificação neste nível, sendo o HBS um deles.

A certificação é concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), instituto que mede a qualidade do atendimento de saúde. Em 2019 o HBS conquistou pela primeira vez no Nível I, já em 2020 reconquistou no mesmo nível e, em 2021 deu mais um passo e avançou para o Nível II. A novidade é que agora a gestão hospitalar é mais fortalecida, todos os indicadores de segurança são avaliados e em cima das análises planos de trabalho são elaborados e implementados, tudo para garantir ainda mais o restabelecimento e a internação segura do paciente.

Segundo a gerente de qualidade do HBS, Samilly Januth, “para chegar ao Nível Pleno foi preciso adotar e colocar em prática uma série de padrões e protocolos internacionais de qualidade, gestão e segurança para o paciente, cumprimos todos com aproveitamento de mais de 80%, meta que é obrigatória de acordo com as instituições certificadoras.”

O Superintendente Administrativo Elvis Deivis Andrade, destaca que apesar de pouco conhecido, o termo acreditação é sinônimo de excelência e que quem ganha é toda comunidade do Vale do Rio Doce, “a acreditação não significa apenas que estamos prestando o atendimento da maneira correta, vai além, a conquista reitera que nossa instituição está sempre na busca contínua pela melhoria. Hoje a pessoa recebe o atendimento, o protocolo é realizado, avaliado e melhorado”.

 

O que é a Acreditação?

A Acreditação hospitalar é um título concedido a hospitais que cumprem uma série de medidas e requisitos que promovem a qualidade e a segurança da assistência ao paciente e da gestão no setor de saúde. Todos os métodos são definidos por instituições internacionais. Para conquistar o hospital precisa passar por constantes auditorias e comprovar que atende aos padrões.

 

Caminho da certificação

O trabalho do HBS para obter o certificado foi iniciado em 2015, naquele ano foram implementados os 5’S do hospital – senso de arrumação, senso de ordenação, senso de limpeza, senso de higiene e saúde e o senso da autodisciplina. Januth explica que toda rotina foi alterada, “simples os hábitos no administrativo, como por exemplo: ordenação de pastas, documentos, padronização de etiquetas, arquivos, passando pela conscientização sobre a importância de manter os ambientes limpos, desde quem visita o hospital até o fornecedor que utiliza nosso espaço para entrega de materiais, com isso conseguimos criar um padrão de organização”.

Outro passo foi o mapeamento do relacionamento/práticas de trabalho de todos os setores, desde cozinha, farmácia, almoxarifado, recepções e etc. A partir daí, os colaboradores conseguiram visualizar melhor quem é seu cliente, quem é o seu fornecedor e como ele comporta isso gerou uma melhora significativa nas atividades.

A terceira etapa para a acreditação foi o gerenciamento de riscos, “nesse momento identificamos os riscos inerentes de cada setor, probabilidade dele tornar realidade, a sua gravidade, e o que poderia ser feito para prevenir, com isso em vista conseguimos criar um monitoramento e mecanismos eficientes de prevenção”, explica Januth.

 

Hospital Bom Samaritano

Mantido pela Beneficência Social Bom Samaritano, que há 73 anos trabalha em prol da saúde dos valadarenses e de moradores dos mais de 85 municípios de todo Vale do Rio Doce, o Hospital Bom Samaritano está em pleno funcionamento há 21 anos, mas desde 1998 presta o serviço de combate ao câncer na cidade (23 anos como hospital do Câncer de Governador Valadares).

É considerado um Complexo Hospitalar, tem cerca de 1.250 colaboradores (incluindo os serviços terceirizados) e é responsável por cerca de 20% dos leitos hospitalares da cidade. O HBS teve em 2020, 88,61% dos seus atendimentos voltados para pacientes encaminhados pelo SUS o que reforça seu caráter filantrópico e os outros 11,39% de atendimentos restantes são de convênios e particulares. Números de 2020, registrados no Relatório de Gestão da mantenedora mostra que foram realizados 7.517 internações hospitalares e 260.671 atendimentos ambulatoriais. O Laboratório Bom Samaritano atendeu em média 150 pacientes por dia em 2020 a Clínica Bom Samaritano realizou 16.952 procedimentos entre com, mamografia, raios-x, tomografia, biópsia, densitometria e ressonância magnética.

 

Unidade de Assistência de Alta Complexidade credenciado pelo SUS

  • Oncologia e radioterapia (Portarias Nº 256 de 27/7/2009 e nº 237 de 26/5/2011)
  • Cirurgias Oncológicas (Portarias Nº 256 de 27/7/2009 e nº 237 de 26/5/2011),
  • Cirurgia de Redução de Estômago (Portaria Nº 496de 29/5/2012),
  • Implante Coclear – Ouvido Biônico (Portaria Nº418 de 25/11/2009)
  • Implante Bilateral (Portaria Nº 3.437 de 24/10/2018),
  • Traumatologia e Ortopedia (Portaria Nº1. 189 de 22/9/2016),
  • Atendimento Cardiovascular – Cirurgia Cardíaca (Portaria nº 448 de 27/4/2016)
  • Administração da UPA 24h (Portaria Nº1. 639 de 1/10/2015) considerada Tipo III de Complexidade Intermediária (100% SUS).

Publicações relacionadas

X