avatar carlos souto

Coluna Gerais

Colunista Carlos Souto

avatar carlos souto

Coluna Gerais

Colunista Carlos Souto

17 de Setembro

 17 de Setembro

Cenibra comemora 48 anos de fundação

Na segunda-feira, 13 de setembro, a Celulose Nipo-Brasileira, Cenibra completou 48 anos de existência.  Neste ano, em razão da pandemia da Covid-19, os tradicionais festejos com empregados e familiares, como o baile dos homenageados e o almoço de integração, não serão realizados.

“A Cenibra completa 48 anos de fundação com a confiança renovada e a certeza de dias melhores. Mas pelas circunstâncias que estamos vivenciando, não poderemos realizar evento comemorativo em 2021, para evitar as aglomerações e, consequentemente, o aumento dos casos de contaminação pelo novo coronavírus”, disse o diretor-presidente, Kazuhiko Kamada, em mensagem aos empregados homenageados.

Fundada em 1973, a Empresa pertence ao Japan Brazil Paper and Pulp Resources Development – JBP, um grupo de empresas japonesas, tendo a Oji Holdings como principal acionista. Localizada no município de Belo Oriente, a empresa tem capacidade de produção de 1.200.000 toneladas de celulose branqueada de fibra curta de eucalipto. Possui cerca de 8 mil empregados próprios e terceiros.

A unidade industrial é abastecida com madeira de áreas próprias, arrendadas e madeira adquirida de pequenos produtores por meio do Programa Fomento Florestal (este último representou 16% da madeira consumida na indústria em 2020). O Programa Fomento Florestal está presente em 80 municípios mineiros.

Por meio do Instituto CENIBRA, a empresa promove diversos projetos e ações sociais que priorizam o desenvolvimento integrado dos 54 municípios onde atua. Os Projetos contemplam as áreas de educação, meio ambiente, inclusão digital, geração de trabalho e renda, resgate cultural, esporte e cidadania. Além dos projetos realizados, o Instituto apoia iniciativas da sociedade civil organizada.


Lagoa Santa abrigará mercadão internacional

Um complexo que reúne comercialização de produtos típicos de mercado, como itens alimentícios e de artesanato, área de feiras e exposições nacionais e internacionais, amplo estacionamento e espaço temático, como aeronaves antigas e veículos customizados. Este é o Mercadão Internacional de Lagoa Santa, localizado na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), cuja previsão de inauguração é para dezembro deste ano.

Segundo Jader Kalid, um dos idealizadores do projeto, ainda não é possível afirmar, com precisão, quanto será o investimento no novo negócio. No entanto, já é possível ter ideia da grandiosidade do empreendimento: são 40mil m², 320 boxes – destes, 200 já estão reservados – e 2.500 vagas.

O empreendimento é totalmente privado”, diz o idealizador que explica que a escolha pela cidade é estratégica, uma vez que o município, de acordo com ele, conta com uma gestão moderna. A localização também é um ponto importante: os 5 km de distância do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, prometem facilitar a vida dos turistas que irão conhecer o negócio, otimizando o tempo, ainda, daqueles que participarão de eventos importantes no Mercadão Internacional de Lagoa Santa.

“Os pequenos empresários poderão fazer um investimento de baixo risco. O valor dos aluguéis é a partir de R$ 650. Não pedimos fiador e o contrato é de três anos”, ressalta ele.

Kalid afirma, ainda, que será feita uma curadoria para que um lojista não concorra com o outro. A expectativa é a de que 1.000 empregos diretos sejam gerados.

As expectativas para a inauguração são ótimas. Uma ação já foi pensada, inclusive, para que as compras de fim de ano sejam um sucesso. “Vamos inaugurar já com um evento natalino”, destaca.

Kalid revela que outras cidades já o procuraram para a implementação do projeto. “Primeiramente, entregaremos o de Lagoa Santa. Pode ser que o próximo seja no ano que vem”, afirma ele.


Projeto Ceder para Vencer abre 600 vagas para aulas gratuitas de judô em 5 cidades

Um dos princípios do judô ressalta a importância em formar não somente lutadores, mas também cidadãos que vão agir de forma correta na sociedade. Proporcionando uma formação completa: física, espiritual e moral. A ONG Ajudôu tem como base os ideais desse esporte e fomenta projetos sociais esportivos de várias modalidades, desde 1995, visando a transformação das vidas de crianças e adolescentes.

Segundo um estudo da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), o judô é uma das modalidades mais educativas do mundo. Além das aulas de esporte, o Projeto Ceder Para Vencer trará uma série de benefícios para o municípios, como: o fortalecimento do senso de comunidade entre os alunos, aumento do círculo social e aprendizado sobre voluntariado. Por isso, o desenvolvimento de projetos sociais esportivos pelo país são de suma importância, pois quando o jovem tem contato com os conceitos e virtudes do Ajudôu, ele tem a possibilidade de formar o seu caráter e ter um futuro diferente, do contrário ao que teria se estivesse nas ruas.

O projeto tem o patrocínio da Vale, incentivado pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte e apoio das prefeituras de Ipatinga, Santana do Paraíso, Periquito, Itabira e Nova Era.  As inscrições estão abertas para 600 crianças e adolescentes (masculino e feminino), entre 7 a 17 anos, praticarem aulas de judô durante 1 ano.  As aulas terão início em setembro e serão realizadas duas vezes por semana, sempre no contra turno escolar dos estudantes, contendo 1h de duração. Confira os locais: Ipatinga, GELPE e APAE;  Antônio Dias, Ginásio Poliesportivo Mirandão; Nova Era, Escola Municipal Antônio Andrade; Santana do Paraíso, Ipabinha e Itabira no Ginásio Poliesportivo Maestro Silvério Faustino.


Presos da Penitenciária de Ipaba preparam o Ipatingão para o clássico do próximo sábado

Para receber o clássico entre Cruzeiro e Atlético no próximo sábado (18), o Estádio Municipal João Lamego Netto, mais conhecido como Ipatingão, está sendo preparado pelas mãos de dez presos que cumprem pena na Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho em Ipaba. Arquibancadas, cadeiras, gramado, vestiários, banheiros e outras locações do estádio recebem manutenção e limpeza por meio do trabalho dos detentos que começaram na última quarta-feira (15) e se encerram nesta sexta-feira (17), deixando o estádio pronto para receber times e torcedores.

Esta é a primeira vez que custodiados da região estão trabalhando no local. De segunda a sexta-feira, a prefeitura buscou os 40 detentos às 7h na penitenciária e os distribuiu pela cidade para prestar serviços de limpeza e manutenção para as secretarias municipais de Obras, de Administração, de Esportes e de Assistência Social. Às 17h eles retornam para a unidade prisional.

Os detentos estão no regime semiaberto e foram selecionados por meio da Comissão Técnica de Classificação (CTC) da penitenciária, que avalia a situação judicial, comportamento, estado de saúde e aptidão para os serviços necessários. Eles também possuem autorização judicial expedida pelo juiz da Comarca de Ipatinga autorizando o trabalho externo. Pelo trabalho realizado, os presos recebem remição de pena, onde a cada dia trabalhado, um é diminuído na pena.


Ipatinga lança programa de educação fiscal ‘Nota Premiada’

Em Ipatinga, os contribuintes que exigirem a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) poderão concorrer a prêmios. A recompensa faz parte da campanha ‘Nota Premiada’, lançada pelo prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes, em cerimônia no hall de entrada do prédio do Executivo, na manhã da terça-feira (14).

A campanha é uma iniciativa da Prefeitura de Ipatinga, promovida pela Secretaria de Fazenda, que pretende estimular a prática da educação fiscal no município e conscientizar a sociedade quanto à importância socioeconômica dos tributos municipais e o direito de exigência do documento fiscal.

Para disputar os prêmios é simples. Basta que o cliente solicite ao prestador de serviços a emissão das notas que já vem com os números impressos para concorrer aos sorteios.

Outra exigência é que o tomador de serviços seja Pessoa Física, Loteria Federal, quando serão sorteados um cheque nominal ao portador no valor de R$ 1 mil e também uma bicicleta aro 29. Em dezembro, o prêmio é ainda mais atraente: um automóvel Peugeot 208, zero quilômetro, no valor de R$ 77 mil. Regulamento completo e prestadores de serviços que podem participar no site: https://www.ipatinga.mg.gov.br.


Hospital Bom Samaritano conquista a Acreditação Plena

O Hospital Bom Samaritano (HBS), mantido pela Beneficência Social Bom Samaritano (BSBS), conquistou, pela terceira vez, a Acreditação Hospitalar – desta vez em Nível Pleno. O título é considerado o “ISO da Saúde” e, dos mais de 6.000 hospitais em todo território nacional, apenas 88 possuem a certificação neste nível, sendo o HBS um deles.

A certificação é concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), instituto que mede a qualidade do atendimento de saúde.

Em 2019 o HBS conquistou pela primeira vez no Nível I, já em 2020 reconquistou no mesmo nível e, em 2021 deu mais um passo e avançou para o Nível II.

A novidade é que agora a gestão hospitalar é mais fortalecida, todos os indicadores de segurança são avaliados e em cima das análises planos de trabalho são elaborados e implementados, tudo para garantir ainda mais o restabelecimento e a internação segura do paciente.

Mantido pela Beneficência Social Bom Samaritano, que há 73 anos trabalha em prol da saúde dos valadarenses e de moradores dos mais de 85 municípios de todo Vale do Rio Doce, o Hospital Bom Samaritano está em pleno funcionamento há 21 anos, mas desde 1998 presta o serviço de combate ao câncer na cidade (23 anos como hospital do Câncer de Governador Valadares).

É considerado um Complexo Hospitalar, tem cerca de 1.250 colaboradores (incluindo os serviços terceirizados) e é responsável por cerca de 20% dos leitos hospitalares da cidade. Teve em 2020, 88,61% dos seus atendimentos voltados para pacientes encaminhados pelo SUS e os outros 11,39% de atendimentos restantes são de convênios e particulares.


Projeto Estação das Artes conduz visita guiada à Estação Pedra Mole 

A primeira estação ferroviária do Vale do Aço, a Estação Ferroviária de Pedra Mole, foi fundada em 1922, às margens do Rio Piracicaba, entre os bairros Cariru e Castelo, em Ipatinga. Tombada pelo patrimônio histórico e cultural de Ipatinga, as Ruínas da Estação Pedra Mole recebem, a partir do próximo domingo (19/09), o projeto Estação das Artes, que propõe uma agenda de atividades artísticas e culturais, com visitas guiadas gratuitas, visando resgatar a memória do patrimônio cultural de Ipatinga, incentivando a comunidade conhecer parte importante da história do Vale do Aço.

Com a revitalização das Ruínas da Estação de Pedra Mole, em 2019, o Grupo Teatral Boca de Cena apresenta o projeto Estação das Artes com o objetivo de proporcionar ao público educação patrimonial. O projeto tem o patrocínio da Usiminas e apoio do Instituto Usiminas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Assim como os primeiros embarques na Estação Pedra Mole, a visita guiada será conduzida pela intervenção “Retrato de trem”. O elenco traz Mari Antonacci, Bárbara Pavione, Daniela Alves, Luis Yuner e Cláudio Oliver, a direção é de Claudinei de Souza. O público poderá participar das sessões da visita guiada nos dias 19 e 26/09, 10 e 24/10, 28/11 e 05/12 (domingos), às 9h e às 14h.  Agendamento gratuito: (31) 98437.3330, de segunda a sexta, das 8h30 às 17h30. Vagas Limitadas.


Aciapi e CDL de Ipatinga elegem nomes para Homenageados do Ano 2021

A Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga, realizaram a eleição dos Homenageados do Ano de 2021. Foram eleitos pelos diretores das entidades o Destaque na Comunidade, Destaque Lojista e Empresário do Ano. A votação ocorreu na manhã desta quarta-feira (15), na sede da Aciapi-CDL.

Para o Destaque da Comunidade, foi eleito o médico-veterinário Lélio Costa e Silva (foto), idealizador do Projeto Xerimbabo na Usipa; o Destaque Lojista ficou com Robert Almeida, proprietário da Livramento Lar e Construção; e o título de Empresário do Ano foi para Sergio Leite de Andrade, diretor presidente da Usiminas.

Pioneiro no trabalho de educação ambiental em Minas Gerais, o Projeto Xerimbabo teve início em 1984, quebrando paradigmas e influenciando gerações. O idealizador do projeto, Lélio Costa e Silva, eleito como Destaque na Comunidade. O Destaque Lojista ficou com Robert Almeida, proprietário da Livramento Lar e Construção, que conta com duas unidades localizadas no bairro Veneza, em Ipatinga, e no bairro Parque Caravelas, em Santana do Paraíso. No comando da Usiminas desde 2016, o diretor-presidente Sergio Leite será homenageado como empresário do ano de Ipatinga.

Durante ‘Jantar Empresarial’, a ser realizado ainda neste ano, as entidades vão entregar as honrarias para os homenageados do ano, assim como ocorreu na última edição, em 2019.


Fundação São Francisco Xavier comemora um ano de administração do Hospital e Maternidade Vital Brasil

O Hospital e Maternidade Vital Brazil (HMVB), em Timóteo,  após um ano sob administração da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), celebra os resultados alcançados em benefício da comunidade. Desde que assumiu a administração do HMVB, em setembro de 2020, a FSFX tem promovido na unidade hospitalar o seu modelo de gestão, prestando uma assistência à saúde de excelência para a população de Timóteo e região.

Dentre os números apresentados estão mais de 25 mil atendimentos no Centro Obstétrico e Pronto-Socorro, 640 partos, 1765 cirurgias realizadas e aproximadamente de 4500 internações. Vale destacar que o Pronto-Socorro está em pleno funcionamento 24 horas, sete dias por semana, com atendimentos de urgência e emergência para toda a população.  A maioria dos atendimentos, consultas, cirurgias e partos,  são destinados aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que corresponde a cerca de 75%.

O HMVB atua nas áreas de Internação; Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto Geral e Covid; cirurgia geral, procedimentos de média complexidade, maternidade e apoio ao diagnóstico. Para isso, conta com uma equipe capacitada, incluindo médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem. A infraestrutura conta com 85 leitos.

Algumas conquistas merecem destaque, como a ampliação do horário de atendimento para realização de exames de diagnósticos, incorporação tecnológica com os serviços de diagnósticos da FSFX dentro da unidade, com equipamentos de ultrassom, ecocardiograma, mapa e holter, eletrocardiograma e eletroencefalograma.

“Os resultados alcançados nos fazem acreditar na nossa visão de superar nossa forma de cuidar de todos, todos os dias, a cada momento, em todos os lugares”, comenta o diretor-presidente da Fundação São Francisco Xavier, Salvador Prado Júnior.


Aperam Bem Maior se une ao movimento nacional Unidos Pela Vacina no enfrentamento à Covid-19 

Neste mês, a Aperam, por meio do Aperam Bem Maior, em conjunto com o Movimento Nacional Unidos pela Vacina, doou ao município de Timóteo onze caixas térmicas com termômetro e dois notebooks para reforçar o enfrentamento contra a Covid-19 no município e região. A iniciativa objetiva contribuir com o processo de vacinação na cidade que é referência no Estado.

A entrega aconteceu no Centro de Enfrentamento à Covid-19, em Timóteo com as presenças do secretário municipal de Saúde, Eduardo Morais e o presidente da Fundação Aperam Acesita, Venilson Vitorino. As caixas térmicas estão sendo úteis no processo de logística de transferência de vacinas contra a Covid-19 da Central de Imunização para todas as unidades de saúde e em pontos utilizados como pontos de vacinação, como o CEFET-MG, Centro de Convivência Quirino Trajano Bicalho e CRAS.

Criado pela Aperam, juntamente com a Fundação Aperam Acesita, o projeto Aperam Bem Maior, atua em frentes distintas, contribuindo com a arrecadação de recursos para ajudar no atendimento das necessidades emergenciais da comunidade, ações voluntárias, geração e disponibilização de conteúdos culturais e outras ações internas que motivam a solidariedade entre o público. O Movimento Unidos pela Vacina foi lançado neste ano, com o propósito de auxiliar a logística de distribuição e aplicação de vacinas, em conjunto com os órgãos governamentais (municipal, estadual e federal), e de promover campanhas de conscientização em prol da imunização. Um dos propósitos do projeto é viabilizar a vacina contra o coronavírus até setembro de 2021 a todos os brasileiros.


Cidade natal de Fernando Sabino será palco da exposição “Encontro Marcado/300 Anos de Minas Gerais”

O Instituto Fernando Sabino trouxe de volta para Belo Horizonte, cidade natal do escritor, a renomada exposição sobre o artista. Denominado, neste ano, “Encontro Marcado/300 Anos de Minas Gerais”, o projeto terá um tom de saudosismo, pois um dos lugares favoritos de Fernando Sabino na capital mineira foi escolhido para sediar as diversas manifestações artísticas do projeto: a Praça da Liberdade.  A mostra será realizada no prédio em que Sabino nasceu, viveu sua infância e adolescência e que hoje abriga a Escola de Design da UEMG.

A exposição, que poderá ser visitada até 12 de outubro, terá evento de abertura na Escola de Design da UEMG, em Belo Horizonte, no dia 17 de setembro, às 10h, com curadoria do Coletivo de Arte Libertas, e foi viabilizada com recursos da Lei Aldyr Blanc de incentivo à cultura. Além da mostra, serão realizadas diversas intervenções artísticas, que vão ocorrer simultaneamente ao ar livre no Circuito Cultural da Praça da Liberdade, todas elas inspiradas no livro “Encontro Marcado”, de Fernando Sabino, produzidas pelos artistas do Coletivo de Arte Libertas.

A casa escolhida para abrigar o evento foi o segundo imóvel construído no local. Sabino costumava dizer que a Praça era o quintal de sua casa. Em 1944, ele passou a noite de núpcias no Palácio da Liberdade, quando se casou com a filha do governador Benedito Valadares.

Na exposição, além de conhecer um pouco mais sobre a vida do renomado autor, haverá uma mostra de cinema com diversos filmes inspirados na obra que dá nome ao projeto. São quatro longas e 14 curtas de ficção, um documentário e 10 curtas sobre importantes autores nacionais dirigidos por Sabino. Entrada gratuita


Jaguaraçu e Marliéria realizam o maior pedal integrado Vale do Aço

Visando fomentar as atividades de cultura, turismo e esporte nas duas  cidades, as prefeituras de Jaguaraçu e Marliéria  promovem  o 1º Pedal Integrado de Turismo Rural.

O encontro, programado para o dia (26) de Setembro, visa marcar o retorno do fomento do turismo que é muito forte na região, (turismo rural), suspenso no período de pandemia.  Este é  o primeiro  evento de pedal integrado, realizado pelos  dois municípios. A inscrição é gratuita.

A  concentração será às 08h30 no centro de Jaguaraçu com  destino a Marliéria, onde será servido um café da manhã na praça JK. Durante o trajeto do pedal, os ciclistas poderão contemplar as belezas naturais com vários pontos turísticos e culturais dos dois municípios: praças, igrejas, pousadas, monumentos, fazendas antigas, montanhas, serras e muito ar puro. O retorno do passeio será às 12 horas, finalizando na feira Gastronômica com música ao vivo e comidas típicas, no Parque de Exposição Pitangueira, em Jaguaraçu.


  • O Música na Praça já virou tradição no Shopping Vale do Aço. Na quarta-feira (15), Dia do Cliente, o cantor que animou a noite foi Lorenzo Ferrari que tocou músicas do mundo sertanejo, além dos sucessos da “pisadinha” que o público adora. Tudo no palco da praça de alimentação do shopping, e no repertório, além de músicas autorais, Lorenzo Ferrari incluiu as canções de: Luan Santana, João Gomes, Gusttavo Lima, Israel e Rodolfo, e muitos outros.
  • Quatro produtores mineiros de queijo conquistaram a medalha Super Ouro, principal premiação do Mondial du Fromage et des Produits Laitiers de Tours, na França. Ao todo, 57 queijos brasileiros foram premiados em diferentes categorias do concurso. Além dos medalhistas Super Ouro, os queijeiros brasileiros conquistaram 11 medalhas na categoria Ouro; 24 medalhas de prata e outras 16 de bronze.
  • As cooperativas de crédito seguem crescendo no Brasil – de acordo com dados do Banco Central, entre 2016 e 2020, a carteira de crédito do setor pulou de 2,74% para 5,1% do Sistema Financeiro Nacional (SFN). O número de associados chegou a 11,9 milhões em dezembro do ano passado, performado, assim, um crescimento de 9,4% em relação a 2019 e 42,1% na comparação com 2016. Desse total, 10,2 milhões são pessoas-físicas. Apesar disso, a participação no mercado nacional de crédito ainda é baixo.
  • Mais uma vez, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, atendeu a todos os requisitos necessários para a renovação da acreditação de emissões de carbono, no nível 2, pelo programa do Airport Council International (ACI). Com isso, o terminal foi reconhecido pelo esforço de colocar em prática ações para reduzir as fontes de emissão de gases de efeito estufa, considerados os principais responsáveis pelo aquecimento global. O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte está entre os 19 aeroportos certificados em nove países da América Latina e Caribe, acreditados com o nível 2 pela Airport Carbon Accreditation (ACI).
  • A Arezzo, líder no Brasil no setor de calçados, bolsas e acessórios femininos, anunciou a instalação de sua nova unidade fabril em Veranópolis, na Serra Gaúcha, onde serão produzidos 6 mil pares de calçados por dia.
  • O 24º Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes começa no sábado (18) e vai até o dia 26. O evento terá em formato híbrido, com ações presenciais na cidade histórica e outras online. A programação conta com festins, lives, cursos, shows e outras atividades. 

Publicações relacionadas

X