Mourão admite possibilidade de deixar governo antes para concorrer a outro cargo

 Mourão admite possibilidade de deixar governo antes para concorrer a outro cargo

Na manhã desta quarta-feira (2), em entrevista à Rádio Gaúcha , o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) disse que existe a possibilidade de ele sair do cargo antes do fim do mandato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para concorrer a outro.

“Existe um aforismo na brigada paraquedista: ‘Essa foi a tarefa a que eu me propus’, mas uma ou outra ação pode ocorrer que me leve a optar por sair do cargo antes e concorrer a outro”, explicou o general ao ser questionado sobre o posto atual.

Caso Mourão opte por concorrer ao Senado pelo Rio Grande do Sul – o que vem sendo estudado –, por exemplo, ele precisaria sair do governo com seis meses de antecedência. E, nesse caso, o presidente da Câmara Arthur Lira (PP-AL) assumiria o posto, por ser o primeiro na linha sucessória.

Na ocasião, o vice-presidente foi questionado se seria candidato ao mesmo cargo com Bolsonaro para as eleições de 2022 , e ele respondeu que o mandatário não tocou no assunto até o momento. “O presidente não tocou nesse assunto comigo. Os indícios são de que ele deve escolher outra pessoa para acompanhá-lo no seu processo eleitoral.”

Ele também disse que defende as bandeiras do governo federal, mas somente “aquilo que pode ser defendido”.

Nos últimos tempos, Mourão e Bolsonaro têm se desentendido sobre pautas do governo, principalmente em relação à gestão da pandemia de Covid-19 . Um levantamento realizado pelo portal Metrópoles em 2020 mostra que eles se reuniram reservadamente em apenas três ocasiões. Os dois também teriam se encontrado em 12 oportunidades na companhia de outras autoridades, totalizando 15 compromissos conjuntos ao longo de todo o ano passado, de acordo com registros oficiais da agenda da Presidência da República.

 

Fonte: Último Segundo IG

Publicações relacionadas

X