barbara-fernandes

Coluna da Bárbara Fernandes

Coluna Moda

barbara-fernandes

Coluna da Bárbara Fernandes

Coluna Moda

O visual de Karol Conká e a mudança de imagem pós BBB

 O visual de Karol Conká e a mudança de imagem pós BBB

Ao fim do BBB21 concluímos uma edição feita de extremos, pessoas amadas e outras odiadas, temos dois ícones de referência claros que provam isso, Karol Conká e Juliette Freire. Para a estreia desta Coluna de Moda, nada melhor do que falar sobre a importância da Imagem e a dimensão que ela alcança se bem aplicada ao seu propósito, e aqui independente de atitudes e caráter, venho falar sobre as referências, símbolos e a IMAGEM.

Para situar, Karol Conká antes de se tornar Ex BBB era uma rapper completamente ligada a um universo pop e fashion, completamente criativa, expansiva, a imagem era forte, relacionada à empoderamento, nas roupas, acessórios, maquiagem e cabelo todos os recursos para causar impacto eram usados. Quem acompanhava a artista sabia e esperava sempre muita irreverência dos looks em todas as circunstâncias. 

Karol usava estilos de cabelo excêntricos, contraste de cores, peças de roupas e acessórios exclusivos e sempre muito diferenciadas, com esse aspecto muito singular, que de fato representava e sustentava essa figura mais icônica, sempre pronta para causar. Devido a todas as situações dentro do reality e excessos, Karol levou o carimbo de vilã do Game. Talvez o mix de uma imagem não popular e “incomum” com as atitudes arrogantes dentro do reality reforçaram mais esse estereótipo da artista. 

 

Depois disso tudo e de uma eliminação com 99,17%de rejeição novas estratégias foram criadas para amenizar e de fato representar que Karol buscava pedir desculpas e se arrepender das atitudes. Se acreditam ou não este não é o ponto e sim a coerência, ficaria impossível que Karol convertesse ao menos 1% dessa rejeição se tivesse mantido o mesmo estilo excêntrico que tinha antes do Reality, o estilo da artista antes não tinha o objetivo de representar acessibilidade e humildade, com a ajuda do stylist Dario Mittmann eles refizeram as estratégias, a mudança de estilo, de símbolos e referências para alcançar a coerência com essa nova fase, digamos de redenção ou reestruturação. 

Uso de cores claras, uma maquiagem mais neutra, roupas mais simples e com aparência menos extravagantes, o cabelo sempre mais básico. Mas o momento que marcou e deu início a essa nova era da artista foi a repaginada para a final do BBB 21, Karol Conká surge com um cabelo com um tom voltado para o dourado e cachos com aspecto mais delicados e leves, uma roupa fluida em tons de azul e sapato branco. Karol lançou a música Dilúvio no dia da final, e a nova imagem foi motivo de alvoroço para quem acompanhou, de fato ela estava pronta para a nova era, uma música que refletia toda situação pela qual a artista passou e tudo que estava sentindo.

O stylist Dario diz que não se tratava de ideias mirabolantes para dar espaço a uma Karol angelical mas sim focado na coerência do novo álbum. A mudança é nítida mas o foco nos tons azuis e dourados focados na ligação com a água o brilho do sol após o dia de dilúvio. Com isso, se acreditam ou não em uma mudança real de personalidade, não posso afirmar. Mas garanto que saber lidar com uma imagem e estilo que representa de fato uma pessoa, que as roupas podem ser usadas estrategicamente para influenciar em uma ação e alcançar um objetivo, basta ter eles claros e conseguir identificar os pontos certos. 

Publicações relacionadas

X