echo '';

Ipatinga celebra Dia do Turismo com planejamento de melhorias para seus principais atrativos

 Ipatinga celebra Dia do Turismo  com planejamento de melhorias  para seus principais atrativos

No contexto de celebração do Dia Nacional do Turismo, comemorado no último sábado, 8 de maio, a Prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdetur), vem procurando estruturar e gerar novos elementos de atração para o setor, nestes primeiros meses de governo. Entre diversas outras áreas de maior apelo para visitação, uma ênfase especial tem sido dada à área rural, como ressalta o secretário Alexsandro Espírito Santo, também vice-prefeito da cidade.

O turismo na pandemia

Um grupo representando a Semdetur – Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo visitou alguns pontos turísticos do município nos últimos dias, para identificar necessidades, catalogação de espaços e planejamento de melhorias.
Conforme ressalta o titular da Secretaria, “a potencialização do turismo é fundamental, porque trata-se de um setor estratégico para atração de investimentos e geração de emprego e renda, além de, bem incrementado, significar melhoria para a qualidade de vida da população”.

Alexsandro observa que “diante de uma das maiores crises que a humanidade já enfrentou, este com certeza está sendo o setor mais impactado. Há alguns anos, o turismo vem se profissionalizando no Brasil e ganhando cada vez mais espaço nas agendas e nos orçamentos públicos. Mas foi em função da atual pandemia que muitos conseguiram compreender a dimensão deste segmento na economia mundial”.

 

A data comemorativa
A escolha do 8 de maio para comemorar o Dia Nacional do Turismo está ligada a um fato ocorrido no Paraná. Foi nesta data, em 1916, que o Estado pleiteou que as terras próximas às exuberantes Cataratas do Iguaçu fossem desapropriadas, com o intuito de transformar a área numa zona pública para turismo.

O pedido foi acatado somente em 28 de julho do mesmo ano, por meio do Decreto Estadual nº 653/1916. Mas significou a criação do famoso Parque Nacional do Iguaçu, conhecido por receber uma média de 1,5 milhão de visitantes a cada ano.

Ipaneminha e adjacências

Um dos locais visitados pela equipe da Semdetur foi a região rural do Ipaneminha, que se destaca por suas belezas naturais e abriga importantes pontos turísticos.

Um dos atrativos mais tradicionais, no centro do povoado, é a histórica ‘Igreja do Ipaneminha’, inaugurada dez anos antes da emancipação do município. A capela foi construída de pau-a-pique, em substituição a uma edificação improvisada com palha de coqueiro. Uma missa foi celebrada em junho de 1954 para marcar a melhoria. Em função de deteriorações, em 1986 foi realizada uma reforma geral na igreja, com substituição de toda a parte precária. As obras de reparo envolveram manutenção no forro e no telhado. Atualmente, a capela apresenta as cores originais em sua pintura externa.

Parques, sítios, cachoeiras e diversas trilhas para caminhadas, ciclismo e motociclismo são usadas na área rural do Ipaneminha e adjacências. A região, que fica localizada no distrito Barra Alegre, se avizinha de outros pontos turísticos como Tribuna, o Ipanemão, o Morro Escuro, o córrego dos Lúcio, todos com ricos mananciais hídricos e farta vegetação.

O Secretário da Semdetur, Alexandro Espírito Santo ao lado do morador da localidade, José Zacarias e integrantes da equipe de turismo Vanessa e Argileu.

A zona rural ipatinguense, com acesso fácil em estradas bem cuidadas, possui clube com piscinas naturais, opções de artesanato, hotelaria, pesca e gastronomia.

Agricultores e sitiantes têm sido estimulados pelo governo municipal para produção e comercialização de gêneros alimentícios, sendo as ofertas cada vez mais diversificadas. Queijos, doces, geleias, cachaças, licores, bolos, biscoitos e pães têm sua origem em polos de agricultura familiar na região.

Área urbana

Na área urbana, são vários os pontos turísticos da cidade de Ipatinga, que podem ser identificados e localizados em sites de buscas, sendo os mais relevantes o Parque Ipanema, projetado pelo renomado paisagista Roberto Burle Marx e considerado uma das maiores áreas verdes do país localizadas dentro de cidades, e o Shopping do Vale do Aço, o maior centro de compras da Região Metropolitana do Vale do Aço e do Leste mineiro e entre os maiores do interior do estado, em funcionamento desde 1998.

Publicações relacionadas

X